PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Guto acredita que faltou "um pouco mais de agressividade e de assertividade" para Ceará vencer Sport

O treinador avaliou as finalizações erradas das duas equipes e afirmou que uma maior efetividade traria a vitória ao Vovô

10:15 | 26/07/2021
Guto acredita que faltou agressividade e assertividade para o Ceará (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
Guto acredita que faltou agressividade e assertividade para o Ceará (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

No empate sem gols entre Sport e Ceará, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Brasileiro, o Vovô não aproveitou algumas oportunidades criadas na partida. Guto Ferreira, técnico alvinegro, em coletiva pós-jogo, analisou o desempenho do time cearense no confronto e para o treinador, faltou “um pouco mais de agressividade e de assertividade” para sair de Pernambuco com os três pontos.

“Eu acho que faltou um pouco mais de agressividade no terço final do campo e um pouco mais de assertividade. Nós tivemos um número alto de finalizações, 14 bolas, sete dentro da área, mas eu acho que no gol, nem nós (Ceará) e nem eles (Sport) acertaram o gol. Então, as (bolas) que a gente deve ter acertado no gol não foram defendidas por goleiro, foram cortadas por zagueiros, por defensores deles. (...)Estivemos próximos, mas não conseguimos vencer, porque não conseguimos colocar a bola dentro da ‘casinha’”, relatou Guto.

|Leia mais| 

Apesar de sair sem a vitória, o Ceará permaneceu invicto, superou sua sequência maior sequência sem derrota na Série A e igualou a segunda melhor de um nordestino. Guto falou da importância para o grupo e comparou com o desempenho do Vovô no Brasileirão 2020.

“Eu acho que é muito importante para o grupo, passa confiança. Esse grupo está fazendo história, mas essa história só vai se concretizar a gente terminando a competição com classificações importantes, como foi ano passado (Brasileiro de 2020). O que vale ressaltar nesse momento é que nessa rodada (13ª), no ano passado, a gente tinha 14 pontos e em 13º lugar, e esse ano nós estamos em sétimo, com 19 pontos. Isso mostra uma regularidade maior da equipe, embora o ano passado também tínhamos vencido quatro partidas, só que perdemos sete. Eu achei isso bastante positivo, é um avanço sim, e vamos trabalhar para fazer melhor que o ano passado”, afirmou o treinador alvinegro.

O Ceará volta a campo no domingo, 1º, às 20h30min, para encontra o Fortaleza, na Arena Castelão, pela 14ª rodada da Série A. Guto comentou sobre o Clássico-Rei do final de semana, ressaltou as virtudes defensivas do rival, mas acredita que o time de Porangabuçu também tem méritos na defesa e que buscará qualificar o ataque para tentar a vitória no derbi.

“Cada jogo é uma história. Nós vamos pegar uma equipe (Fortaleza) que tem marcado muito bem, tem jogado com linhas consistentes, tem tido solidez, tomado poucos gols no campeonato (Brasileiro), tanto é que figura entre as melhores defesas da competição, mas a nossa também está entre as melhores da competição. Temos que qualificar um pouquinho mais o nosso ataque, vamos trabalhar para isso. (...) Respeitando sempre nosso adversário, mas clássico é clássico e a gente tem que acreditar sem que podemos vencer”, concluiu Guto.