Participamos do

Na Sula, Ceará já faturou mais de R$ 4.7 milhões e classificação renderá mais R$ 2.6

O Vovô precisa de uma vitória para garantir vaga nas oitavas de final sem depender de nenhum resultado
11:35 | Mai. 27, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará enfrenta o Jorge Wilstermann nesta quinta-feira, 27, em busca de confirmar a classificação para as oitavas de final de Sul-Americana. Caso conquiste a vaga, o Alvinegro somará aos cofres mais 500 mil dólares, R$ 2.647.900 na cotação atual. Vale ressaltar que o Vovô já faturou 300 mil dólares por jogo como mandante, totalizando 900 mil na moeda estrangeira (R$ 4.766.220).

A Conmebol mudou o formato da Sul-Americana e aumentou a premiação. No início do ano a Confederação anunciou o aumento de 11,8 milhões de dólares em premiações no torneio, algo em torno dos R$ 62 milhões na cotação atual. O campeão do torneio, passando por todas as etapas da competição, pode faturar no máximo 6,8 milhões de dólares.

Caso o Ceará não se classifique para às oitavas de final da Sula, o Vovô ao menos terá um prêmio de consolação. A Conmebol dará 120 mil dólares (R$ 635.508) aos clubes que não estarão na fase eliminatória do torneio continental.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Com a possibilidade de um enorme ganho financeiro e esportivo, o Ceará tenta chegar às oitivas de final da Sul-Americana. O Vovô é o líder do Grupo C, com nove pontos, e enfrenta o último colocado Jorge Wilstermann, com dois. Uma vitória dá a classificação ao Alvinegro sem depender de nenhum resultado.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags