PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Com 12 gols em quatro jogos, ataque do Ceará cresce na reta final do Nordestão

O setor ofensivo do Vovô melhorou de produção em relação ao início da competição

11:23 | 20/04/2021
Ataque do Ceará chegou aos 12 gols nos últimos quatro jogos na Copa do Nordeste (Foto: Stephan Eilert/CearaSC)
Ataque do Ceará chegou aos 12 gols nos últimos quatro jogos na Copa do Nordeste (Foto: Stephan Eilert/CearaSC)

O ataque do Ceará cresceu de desempenho na reta final da Copa do Nordeste. No início do torneio, com o time ainda incompleto, o Vovô marcou cinco gols nos primeiro cinco jogos. Na segunda metade do Nordestão, com a equipe titular mais definida, o Alvinegro fez 12 tentos nas últimas quatro partidas. Os números do setor ofensivo do clube cearense se igualam ao do melhor ataque da competição, o Bahia, que no mesmo período também balançou as redes 12 vezes.

Com uma média de três gols por jogo nesta reta final do Nordestão, o Ceará venceu os quatro embates na competição com no mínimo dois tentos de diferença dos seus adversários. Foram o 2 a 0 contra o CSA, o 4 a 0 contra o Sport, e por duas vezes fez o placar de 3 a 0, contra o Salgueiro-PE e contra o Sampaio Corrêa.

Com toda a equipe contribuindo, todos os setores do Ceará marcaram neste recorte de partidas. O destaque fica para a linha ofensiva que fez sete (Vizeu, Saulo, Cléber e Mendoza), dos 12 gols do Alvinegro. A defesa contribuiu com quatro (Pacheco, Luiz Otávio e Gabriel Dias) e o meio campo com mais um (Naressi).

Quem é o artilheiro do Vovô neste período é Felipe Vizeu. O atacante cresceu junto com o bom momento ofensivo do Ceará e marcou três gols nas últimas quatro partidas. Curiosamente, o centroavante não foi titular em nenhum dos embates, entrando no decorrer dos jogos. Felipe teve aproximadamente 100 minutos, um pouco mais de uma partida completa, pelo Alvinegro nestes confrontos.

Os vice-artilheiros do time neste período foram o meia Stiven Mendoza e o lateral Gabriel Dias, ambos com 2 gols. Mendoza é um dos responsáveis pela crescente no ataque alvinegro, o colombiano participa efetivamente das jogadas ofensivas e com apenas seis jogos conseguiu um impacto imediato. Gabriel igualou a média de gols no ano que tinha no rival Fortaleza com quatro partidas disputadas com a camisa do Ceará.

O Ceará concentra sua força ofensiva para a semana com dois jogos importantes. O primeiro nesta quarta, 21, às 19h15min, contra o Jorge Wilstermann-BOL, pela fase de grupos da Sul-Americana, na Arena Castelão. No sábado, 24, o Vovô enfrenta o Vitória, também na Arena, às 16 horas, pela semifinal da Copa do Nordeste.