PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Bruno Pacheco ressalta importância de elenco robusto para a temporada do Ceará

O lateral-esquerdo é titular absoluto no Vovô, que tem Kelvyn e Alessandro Rodrigues como opções para a posição

Gabriel Lopes
16:10 | 22/03/2021
Lateral-esquerdo Bruno Pacheco cobra escanteio no jogo Altos-PI x Ceará, no estádio Albertão, em Teresina, pela Copa do Nordeste (Foto: Fausto Portela / Ceará SC)
Lateral-esquerdo Bruno Pacheco cobra escanteio no jogo Altos-PI x Ceará, no estádio Albertão, em Teresina, pela Copa do Nordeste (Foto: Fausto Portela / Ceará SC)

Bruno Pacheco é um dos atletas mais regulares do elenco do Ceará. O lateral-esquerdo de 29 anos participou de 57 jogos na temporada 2020, todos eles iniciados com Bruno titular. Porém, o ano de 2021 será preenchido por cinco competições para o Vovô, uma a mais que na última temporada, pois o Alvinegro se classificou para a disputa da Copa Sul-Americana. Assim, a força do elenco será testada constantemente. Em entrevista coletiva guiada concedida nesta segunda-feira, 22, Pacheco falou sobre a relevância de ter uma quantidade elevada de atletas no grupo.

“Sei da minha importância para o grupo, mas todo mundo vem trabalhando para conquistar seu espaço. O Kelvyn entrou, deu conta do recado. O Alessandro chegou, está esperando a oportunidade dele. Com as várias competições que temos na temporada, todos vão ter oportunidade de entrar em campo”, disse.

Além de Bruno Pacheco, o Alvinegro tem Kelvyn e Alessandro Rodrigues, recém-chegado do Juventude, como opções para a lateral esquerda. O titula do Vovô teve um curto período de férias antes de retornar para a temporada 2021. Ele parou as atividades no dia 22 de fevereiro e voltou no dia 5 de março. Até o momento, ele atuou diante do Altos-PI e do Fortaleza, em partidas da Copa do Nordeste. Bruno considerou essa pausa importante para melhora no desempenho dele em 2021.

“Foi importante, apesar de ter sido tempo curto. Chega um momento que pro jogador é importante o descanso. Já me senti muito melhor na volta. Claro que no primeiro jogo senti dificuldade, muito pelo calor. No clássico já me senti melhor”, ressaltou.

O Ceará volta a campo na próxima quinta-feira, 25, às 21 horas, contra o Botafogo-PB, em João Pessoa, na Paraíba, pela quinta rodada do Nordestão.