PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Fabinho elogia desempenho coletivo do Ceará na reta final do Brasileirão

Volante destaca que marcação forte e transição rápida têm sido os principais ingredientes nas boas atuações do Vovô na competição

Iara Costa
19:59 | 29/01/2021
FORTALEZA, CE, BRASIL, 28.09.2020: Fabinho. Ceara jogava pelo Campeonato Brasileiro na Arena Castelão. em época de COVID-19.  (Foto: Aurelio Alves/ O POVO). (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 28.09.2020: Fabinho. Ceara jogava pelo Campeonato Brasileiro na Arena Castelão. em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/ O POVO). (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)

Na 8ª colocação do Brasileirão 2020 a seis jogos do fim da temporada, o Ceará tem protagonizado até aqui seu melhor desempenho na Série A desde que ascendeu de divisão. Em coletiva cedida nesta sexta-feira, 29, o volante Fabinho deu os méritos dos bons números do Alvinegro ao trabalho coletivo do grupo.

"Temos uma marcação muito forte, uma transição rápida. Nosso setor defensivo tem tido êxito nas execuções e isso tem facilitado, pois temos um ataque de qualidade. Todos que entram tem dado conta do recado e se doado em prol do coletivo. O individual sempre aparece, mas temos jogado intensamente de forma coletiva. Tem sido um dos fatores positivos da nossa equipe. Vi que nosso time é um dos times que menos toca na bola para chegar ao gol adversário e isso facilita e mostra nossas qualidades", elogiou o atleta.

LEIA TAMBÉM > Ceará possui duas baixas para partida diante do Athletico-PR

O volante tem feito parceria na volância com Fernando Sobral, mas evitou abraçar méritos somente aos dois e citou o trabalho coletivo adotado pelo Vovô. "Temos procurado trabalhar todos os dias, em todos os setores, de forma intensa. Há uma competição,  sadia na disputa das posições, pois o que há de mais importante é o Ceará aparecer. Temos excelentes volantes, um grupo muito forte, uma amizade boa e isso reflete em campo. A parceria com o Sobral tem sido boa, temos uma boa relação no dia a dia e nos doamos muito em campo".

Fabinho também deu mérito das graças do Ceará ao trabalho fisiológico feito durante a pandemia, já que o fruto disso foi ter o departamento médico zerado na reta final do torneio. "Desde a pandemia o Ceará não parou. Tivemos um trabalho feito online quando estivemos em casa e logo em seguida retornamos aos treinos. Tenho certeza que o que plantamos estamos colhendo agora. Os jogos ficaram com tempo pequeno de recuperação, mas o time está bem preparado fisiologicamente", falou o volante.

LEIA TAMBÉM > Ceará já decidiu: vai dividir o elenco após fim da Série A