PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

26 x 4: Ceará finalizou seis vezes a mais que o Sport pelo Brasileirão

Apesar do volume ofensivo, poucas chances foram perigosas e o placar acabou zerado para os dois lados

Gabriel Lopes
23:13 | 08/11/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 08.11.2020: Ceara x Sport, pelo Campeonato Brasileiro Serie A, 20º rodada, na Arena Castelão. Em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: Aurelio Alves)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 08.11.2020: Ceara x Sport, pelo Campeonato Brasileiro Serie A, 20º rodada, na Arena Castelão. Em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: Aurelio Alves)

Neste domingo, 8, na Arena Castelão, o Ceará teve domínio amplo contra o Sport. Enquanto o Vovô tentou propor o jogo no campo de ataque, os visitantes se limitaram a tentar defender sem deixar espaços e atacar em possíveis contra-ataques. O Alvinegro de Porangabuçu finalizou 26 vezes na partida, número superior à multiplicação por seis da quantidade de chutes do Leão da Ilha, que só somou quatro remates. Contudo, as oportunidades dos mandantes foram pouco eficazes e o placar se manteve inalterado, um empate sem gols.

Dos 26 chutes, somente seis tiveram a direção correta, a do gol. Dentre eles, a maioria foi finalizada sem qualidade, em cima do goleiro. Outras 13 tentativas foram para fora, enquanto sete remates foram travados. O lance de maior perigo do Ceará foi o chute de Saulo Mineiro, no segundo tempo, que acertou o travessão. Os dados são do site Sofascore.

O desempenho ofensivo do Sport, além de limitado, também foi pouco eficaz. Somente uma das quatro finalizações acertou o alvo, com Thiago Neves, sem perigo. Um remate foi travado e outros dois foram para fora.

É o sexto jogo que o Vovô passa em branco na atual Série A. O clube é o nono melhor ataque do Brasileirão em gols marcados (há equipes com menos e mais partidas). Já o Sport chegou ao quinto jogo sem sofrer gols no Campeonato Brasileiro. Os pernambucanos conseguiram o feito nas últimas três rodadas, contando o embate contra o Ceará.