PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Noticia

Sequência de jogos, maturidade e estafe próprio: conheça o "combo" de Vina

Meia de 29 anos forma rede de apoio extracampo com psicólogo e nutrólogo, assume postura de liderança e engata rotina decisiva no Vovô

15:40 | 05/11/2020
O meia Vina é o destaque ofensivo do Ceará na Série A de 2020, com oito gols e seis assistências (Foto: Julio Caesar / O POVO)
O meia Vina é o destaque ofensivo do Ceará na Série A de 2020, com oito gols e seis assistências (Foto: Julio Caesar / O POVO)

Com participação direta em 40% dos gols do Ceará na temporada, Vina tem sido constantemente questionado sobre a boa fase - a melhor da carreira, ele reconheceu - e costuma falar que o motivo é um "combo". Afinal, quais fatores dentro e fora de campo fazem o camisa 29 brilhar e ser decisivo com a camisa alvinegra?

Aos 29 anos, o meia afirma ter amadurecido o suficiente para seguir a rotina de um atleta de alto rendimento e compreender as necessidades do treinador no modelo de jogo. A sequência de partidas - já são 41 em 2020 - também ajudam a dar ritmo e confiança. Além disso, o jogador paranaense formou um estafe próprio e tem o suporte extracampo de um psicólogo esportivo e um nutrólogo.

"Eu vejo, na minha carreira e na minha vida, uma evolução, uma maturidade, isso é uma coisa que bato sempre na tecla e venho buscando ano após ano. O que o Ceará me ofereceu foi a oportunidade, a sequência de jogos. Do Bahia para cá, onde realmente eu comecei a me entender melhor e entender o que um atleta precisa... No Bahia, fiz uma história bonita, no Atlético-MG, me faltou somente a oportunidade de sequência de jogos, coisa que eu estou tendo aqui no Ceará. Sempre falo que é um combo que reflete dentro de campo. Jogadores de alto nível que a gente procura estar se espelhando, algumas situações, algo que talvez poucas pessoas saibam que hoje eu tenho um processo de coaching fora das quatro linhas. Procurei um psicólogo justamente para a questão esportiva, tenho um nutrólogo também, que, juntamente com os nutricionistas do clube, me ajudam a estar, principalmente, aguentando essa sequência de jogos. É tudo isso. Esse combo reflete dentro de campo, a maturidade que hoje eu tenho, de conhecer melhor o seu corpo, saber o que realmente você precisa dentro de campo, entender a filosofia do treinador. Essas são as coisas que eu vejo que estão dando certo aqui no Ceará e estou conseguindo fazer uma história bonita aqui", afirmou Vina, em entrevista coletiva.

LEIA MAIS
+ Felipe Vizeu estreia pelo Ceará e agrada Guto Ferreira: "Muita qualidade"
+ Copeiro, Ceará mantém bom aproveitamento em mata-mata na temporada

O resultado da nova postura do armador artilheiro fica claro nos números: 15 gols e 13 assistências, com 28 colaborações efetivas em bolas nas redes. O último deles foi na vitória por 1 a 0 sobre o Santos-SP, na última quarta-feira, 4, que garantiu o Vovô nas quartas de final da Copa do Brasil.

"A partir do momento que você tem um grupo qualificado, peças individuais acabam se destacando. Eu sou uma peça desse elenco, que está trabalhando dia a dia para poder sempre dar o melhor para o Ceará. Tem outros jogadores aqui no clube que se destacam. Óbvio que a gente fica feliz, mas sempre o mais importante é deixar o Ceará bem nas competições", disse o camisa 29, que enalteceu o ambiente positivo em Porangabuçu.

"Noite de sono é meio complicado falar pela adrenalina, confesso que dormi bem pouco. Isso realmente é o resultado que essa partida nos deu. É somente gratidão, poder retribuir todo o carinho que eu recebo do nosso torcedor. Sou um cara que desde que cheguei aqui falei que quero fazer história. Sinceramente, é algo extraordinário esse momento que eu vivo. Poder ajudar o clube que me deu todas as oportunidades, o carinho do torcedor nas redes sociais e nas ruas tem sido fundamental. Isso é fruto de muito trabalho. Agradecer a Deus por tudo que eu tenho vivido e procurar sempre mais. Tenho minha autocrítica. Pós-jogo eu sou um cara que gosto de assistir ao jogo novamente, fico até de madrugada vendo o que eu posso melhorar e é isso que vou buscar sempre. É estar em evolução. Nunca fico satisfeito. Óbvio que a gente gosta do reconhecimento, mas quero sempre mais. Vou buscar sempre dar o melhor para o Ceará. Quero fazer história aqui e vou em busca disso"

O Alvinegro volta a campo diante do Sport-SP, no próximo domingo, 8, às 20h30min, na Arena Castelão, pela 20ª rodada da Série A. O time de Guto Ferreira ocupa a 12ª posição, com 23 pontos.