PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Noticia

No melhor ano da carreira, Vina festeja números, mas diz: "Que não parem por aí"

Com 14 gols em 2020, meia vive boa fase com a camisa alvinegra, vê "combo" como motivo e projeta melhorar números na temporada

09:00 | 28/10/2020
Com 26 participações em gols no ano, Vina é o destaque do Ceará (Foto: Aurelio Alves)
Com 26 participações em gols no ano, Vina é o destaque do Ceará (Foto: Aurelio Alves)

O papel fundamental de Vina no Ceará em 2020 é indiscutível, sobretudo pelos números. "Arco e flecha", o meia de 29 anos lidera as estatísticas tanto de artilharia quanto de assistência, reconhece que vive a melhor fase da carreira e garante trabalhar para manter a média.

Em 38 partidas com a camisa alvinegra, entre Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série A, o armador balançou as redes 14 vezes e serviu os companheiros em outras 12 oportunidades. O protagonismo é justificado pelo jogador como um conjunto de fatores vividos em Porangabuçu.

"Acho que muito se deve também ao combo. Com tudo que eu vivi na minha carreira, sem dúvida nenhuma, é o meu melhor ano, mas não só dentro de campo, fora de campo também. Venho trabalhando muito, o mental principalmente, conheço muito mais o meu corpo, sei o que preciso trabalhar no dia a dia, nos treinamentos. Isso muito se deve ao combo. E também feliz pela escolha de ter vindo para o Ceará. Tudo na vida são escolhas e hoje, vivendo tudo que estou vivendo no Ceará, tenho certeza que fiz a escolha certa", analisou, em entrevista coletiva na véspera da partida contra o Santos.

"Eu sou um caso deles, mas posso destacar Charles, Sobral, jogadores que têm qualidade enorme e os números também são surpreendentes, cada um na sua posição. Fico muito feliz por tudo que estou vivendo aqui. Credito isso aos meus companheiros, às comissões técnicas, tanto do Argel quanto do Enderson e hoje do Guto, um cara que eu já tinha trabalho no Bahia. Fico feliz com as coisas dando certo. Tenho certeza que foi uma ótima escolha ter vindo para cá e estou muito feliz com meu momento. Feliz eu estou, mas não estou satisfeito com os números. Quero estar sempre aumentando. Sei que são jogos difíceis, mas vou estar sempre me preparando no dia a dia para fazer gols e dar assistências para meus companheiros nos jogos", completou.

Até então, a melhor temporada de Vina na carreira havia sido em 2018, ao marcar 13 gols pelo Bahia. Com o número já superado a quatro meses do final das competições, após balançar as redes na vitória sobre o Coritiba, no último sábado, 24, o camisa 29 celebra ter batido a meta inicial e quer aumentar a participação nos tentos alvinegros.

"A vida é feita de desafios. Óbvio que eu tinha um ponto de partida, que era essa meta dos 13 gols no Bahia. Mas hoje, que eu passei, é trabalhar forte dia a dia para ir aumentando esses números. Devo também muito ao grupo, que me acolheu muito bem. As coisas estão dando certo dentro de campo, mas no dia a dia, com todo mundo no clube, isso está sendo essencial, o carinho da torcida também. Isso me motiva cada vez mais. Fico muito feliz de estar batendo metas, e isso são números. O mais importante é o Ceará estar ganhando, mas quando tem um grupo qualificado, peças individuais acabam se destacando. Venho em uma crescente e espero que esses números não parem por aí. Vou estar sempre trabalhando forte", disse.

Com a esperança de Vina ser mais uma vez decisivo, o Ceará enfrenta o Santos nesta quarta-feira, 28, às 16 horas, na Vila Belmiro, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.