PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

"Sensação de derrota", lamenta auxiliar de Guto após Ceará ceder empate para o Fluminense

Após o dominar o segundo tempo e virar o jogo, o Alvinegro cedeu o empate no fim, no Maracanã, na noite deste sábado, 17

Lucas Mota
22:50 | 17/10/2020
Alexandre Faganello substituiu Guto Ferreira no comando técnico da partida diante do Fluminense (Foto: Vozão TV/ Reprodução)
Alexandre Faganello substituiu Guto Ferreira no comando técnico da partida diante do Fluminense (Foto: Vozão TV/ Reprodução)

Alexandre Faganello, auxiliar técnico de Guto Ferreira, foi quem comandou o Ceará à beira do gramado contra o Fluminense, substituindo o suspenso treinador. Após o dominar o segundo tempo e virar o jogo, o Alvinegro cedeu o empate no fim, no Maracanã, na noite deste sábado, 17. O profissional lamentou o resultado pelo desempenho do Vovô durante os 90 minutos.

"A sensação é a pior possível. A gente sabe que o jogo estava controlado com possibilidade de ampliar o marcador, mas no final tomamos o empate. A sensação é de derrota. Sabíamos que tínhamos a possibilidade de sair com a vitória, fizemos um bom jogo e merecemos", comentou Alexandre.

+ Quase um terço dos gols sofridos pelo Ceará no Brasileirão foram nos 15 minutos finais das partidas

O auxiliar explica que o ponto conquistado merece ser valorizado por se tratar de uma partida fora de casa, mas pela superioridade do Ceará no duelo, a vitória seria o resultado mais justo. Atuando contra o então quinto melhor mandante da Série A, o Vovô criou mais chances do que o adversário durante os 90 minutos. No fim do jogo, os cearenses tinham finalizado quase o triplo do que os cariocas, com 17 contra seis.

"Enfrentamos o Fluminense na casa deles. Precisamos valorizar, mas deixamos de ganhar dois pontos. Fizemos um jogo para ganhar os três pontos. Colocamos em prática aquilo que trabalhamos. Mas quando se joga contra uma equipe de qualidade, uma chance define tudo. Foi um vacilo coletivo. Começou na frente com a perda de um gol e terminou lá atrás com a gente tomando o gol", disse ele.

O Alvinegro do Porangabuçu saiu atrás no placar, no primeiro tempo, mas empatou antes do intervalo. Na segunda etapa, os visitantes tiveram amplo domínio e viraram com golaço de vina. Leandro Carvalho e Kelvyn tiveram chances de selar o triunfo, mas desperdiçaram e viram Danilo Barcellos empatar para o Flu na reta final do confronto.

"Temos que trabalhar e aumentar a concentração no final do jogo. Fizemos um grande segundo tempo. Anulamos o Fluminense, criamos situações para ampliar, mas tomamos. Temos que analisar o todo. Vamos trabalhar, cobrar para que nos próximos jogos isso não aconteça", analisou.