PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Noticia

Guto evita lamentar desfalques e faz mistério sobre escalação do Ceará

Suspenso contra o Fluminense, técnico alvinegro não terá três defensores à disposição, mas valoriza substitutos para jogo no Maracanã

14:50 | 16/10/2020
Guto Ferreira comando o Ceará na partida contra o Brusque (Foto: Julio Caesar / O POVO)
Guto Ferreira comando o Ceará na partida contra o Brusque (Foto: Julio Caesar / O POVO)

Na véspera do confronto diante do Fluminense, neste sábado, 17, às 19h, no Maracanã, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Guto Ferreira optou pelo mistério acerca da escalação do Ceará. Suspenso da partida e com desfalques na equipe, o comandante alvinegro evitou lamentar as ausências e preferiu valorizar os substitutos.

Diante do Tricolor das Laranjeiras, o Vovô não terá os laterais Samuel Xavier e Eduardo e o zagueiro Luiz Otávio, que cumprem suspensão automática. Xavier, ainda por cima, recupera-se de estiramento muscular na parte posterior da coxa esquerda. A lacuna no lado direito da defesa é a principal dúvida e pode ficar a cargo do volante Fabinho, mas o treinador não pretender facilitar a vida do adversário.

"Tudo é possível e nada é confirmado", desconversou Guto, entre risos, para depois completar.

LEIA MAIS
Guto Ferreira diz como aproveitou semana livre na tabela e minimiza suspensão contra o Flu
Antes de jogo com o Flu, Vina destaca a importância de o Ceará melhorar desempenho fora de casa
Léo Chu agradece chance dada por Guto e se diz ansioso por primeiro gol no profissional
No Ceará, Sobral agradece a Guto: "Foi um cara que somou muito nessa minha evolução"

"Não adianta a gente ficar chorando guerreiro que não vai poder ir para dentro da batalha. Nós temos que exaltar os guerreiros que vão para a luta e pode ter certeza que o Ceará tem grandes guerreiros para poder suprir e confiança total neles para que possa ter um time encorpado e fazer uma grande partida", assegurou, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, 16.

No Rio de Janeiro, o Ceará terá pela frente um adversário em bom momento e na busca por vaga no G-4 do Brasileirão. Invicto há cinco jogos, com três vitórias e depois empates, o Fluminense ocupa a quinta posição, com 25 pontos, e é comandado por Odair Hellmann, que sucedeu Guto Ferreira no Internacional-RS, em 2017, e recebeu elogios pelo trabalho atual.

"O Fluminense vive um bom momento devido à qualidade do trabalho do seu treinador. Conseguiu, pelo que se percebe externamente, um grupo fechado e consciente do que busca, com respeito ao comando. Essa habilidade do comando, de conseguir gerir todas as peças, é de suma importância para eles estarem no momento que estão, além da qualidade do trabalho no dia a dia. É uma equipe que tem se defendido muito bem, tem uma transição de qualidade e jogadores que conseguem fazer, individualmente, a diferença, até pela maturidade e experiência que têm, com trajetória vencedora. Agora, nós já enfrentamos equipe com o mesmo patamar ou até com resultados melhores. A gente respeita muito a equipe do Fluminense, mas tem que buscar os nossos interesses. Os nossos interesses passam por fazer um grande jogo, inicialmente, para buscar um resultado que possa nos ajudar na nossa campanha", frisou.

Com a vitória sobre o Corinthians, na última rodada, o Vovô chegou aos 18 pontos e ocupa a 13ª colocação.