PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Substituto de Guto Ferreira, Alexandre Faganello avalia atuação do Ceará: "equipe não se encontrou"

Com atuações distintas em ambas as etapas, o Ceará perdeu para o Internacional por 2 a 0; gols da partida foram marcados pelo Ex-Alvinegro Thiago Galhardo

22:21 | 10/09/2020
Alexandre Faganello substituiu Guto Ferreira no comando técnico da partida diante do Internacional (Foto: Vozão TV/ Reprodução)
Alexandre Faganello substituiu Guto Ferreira no comando técnico da partida diante do Internacional (Foto: Vozão TV/ Reprodução)

Com um time diferenciado por conta do desfalques, o Ceará até tentou, mas perdeu para o Internacional por 2 a 0 no Beira-Rio na noite desta quinta-feira, 10. O placar adverso, contudo, não fala sobre como foi a partida, que contou com uma boa atuação do Alvinegro na primeira etapa, conforme pontuou o técnico Alexandre Faganello, que substituiu o treinador Guto Ferreira, que estava suspenso. 

"Fizemos um bom primeiro tempo, tivemos algumas oportunidades para sair na frente, onde o jogo mudaria de contexto, mas não marcamos. Pagamos caro no final com gol do Inter. O Inter não é líder a toa, ia criar suas oportunidades e na primeira que criou clara conseguiu fazer o gol", pontuou o suplente.

Para Faganello, a segunda etapa acabou por ter uma atuação baixa do Ceará por conta da falta de atenção da equipe. "No segundo tempo nossa equipe não se encontrou. Recomeçamos a partida de maneira desatenta e quase pagamos por isso. Conseguimos equilibrar, poderíamos até ter feito um gol com Mateus, mas foi muito pouco dentro daquilo que queríamos e que fizemos no primeiro tempo. O Inter soube se impor".

Leia também: Depois de derrota para Inter, Vina prega amadurecimento do Ceará e lamenta: "é levantar a cabeça"

O interino ressaltou ainda que os desfalques - quatro jogadores além do técnico Guto Ferreira - também foram decisivos na derrota. "Os desfalques, quando são em grande quantidade, é complicado, pois nós perdemos um pouco do entrosamento. Os jogadores que entraram se empenharam, mas falta ritmo do jogo, é normal", falou.

Virando a página, Alexandre espera que o Alvinegro consiga corrigir os erros cometidos para o duelo contra o Flamengo. "Agora é pensar no jogo do Flamengo, corrigir as falhas que tivemos e fazer com que o time levante a cabeça. Os detalhes fizeram diferença no jogo de hoje". O Ceará enfrenta o Rubro-Negro no próximo domingo, 13, às 18 horas, no Castelão.