PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Na estreia como titular contra o Inter, Eduardo espera colocar "pulga atrás da orelha" de Guto Ferreira

Lateral direito do Vovô entra substituindo Samuel Xavier, suspenso após expulsão contra o Santos

Domitila Andrade
23:14 | 09/09/2020
Lateral Eduardo entra na vaga de Samuel Xavier e quer galgar espaço no time titular do Ceará (Foto: Felipe Santos/Ceará SC)
Lateral Eduardo entra na vaga de Samuel Xavier e quer galgar espaço no time titular do Ceará (Foto: Felipe Santos/Ceará SC)

A vaga de titular na lateral direita do Ceará vem sendo ocupada, quase que invariavelmente, por Samuel Xavier. Com o atleta suspenso, após ser expulso no jogo contra o Santos, eis que Eduardo será a opção de Guto Ferreira. O jogador entrou na partida contra o Grêmio, mas faz contra o Internacional, nesta quinta-feira, 10, a primeira partida como titular do Vovô na Série A 2020. Relembrando que já trabalhou com Guto Ferreira em no Bahia e na Chapecoense, Eduardo espera mostrar futebol capaz de gerar dúvidas no técnico quanto a titularidade da posição.

"Já trabalhei em duas ocasiões com o professor Guto, em dois clubes. Joguei e fui participativo. Ele sabe da minha qualidade, do meu trabalho, então, não preciso fazer nada diferente, apenas a minha parte e o que eu sei e ele pede, para que eu possa ter um grande desempenho e, quem sabe, na próxima partida, colocar uma pulga atrás da orelha dele", projetou em entrevista coletiva guiada, disponibilizada pela assessoria do clube.

Leia mais | Ceará entra com representação na CBF contra árbitro Wagner Reway; veja as solicitações

Na sequência, o lateral elogiou o trabalho do concorrente. "Nós não podemos apagar o que o Samuel vinha fazendo. Ele vem numa regularidade muito boa. Pra mim, é o jogador mais regular do nosso time, um dos melhores na posição no Brasil, no meu entendimento. Merece todo respeito e toda credibilidade. Não vai ser um jogo que vai apagar tudo que ele já fez", apontou.

Leia mais | Veja quem pode substituir os desfalques do Ceará no jogo contra o Internacional

Em outro ponto da conversa, Eduardo ainda falou sobre a troca de aprendizados que tem com Samuel. "Pra mim, é satisfatório estar no banco pra um cara desse nível, não é vergonha alguma. Isso só engrandece o meu trabalho e o dele também, que ele sabe que ali tem um cara concorrendo forte pela posição, fazendo com que o outro evolua na função. Pra mim, tem sido muito bom e tenho aprendido muito com ele, na forma de jogar e espero que eu possa demonstrar isso no próximo jogo e fazer uma partida", afirmou.

O atleta ainda destacou seus pontos fortes. "Sou uma atleta que faz mais ultrapassagens, gosto muito de chegar na linha de fundo e me aperfeiçoei muito com os cruzamentos, tanto de direita como com a perna esquerda também", detalhou.

Samuel não é o único desfalque do Vovô, que não contará com Luiz Otávio, Bruno Pacheco, Leandro Carvalho e com o técnico Guto Ferreira - todos punidos diante do Peixe. Sobre as mudanças, Eduardo comentou que quem entra conhece bem a estratégia do Vovô. "Creio que o modelo de jogo (não muda) não. Só vão mudar os jogadores. Nossa estratégia tá bem clara na nossa cabeça. Guto tem sido bastante detalhista com todos nós e os jogadores que não vêm atuando, vêm observando para que possa fazer o mesmo ou melhor do que quem já vem atuando. As funções não mudam muito, só as peças", indicou, e complementou em seguida: "Espero que quem entre dê conta do recado".