PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

"Temos que estar mais atentos, mais ligados", diz Luiz Otávio sobre defesa do Ceará

O sistema defensivo do Alvinegro de Porangabuçu foi vazado seis vezes nos três primeiros jogos do Brasileirão

Gabriel Lopes
17:59 | 18/08/2020
Luiz Otávio é a maior referência da defesa do Ceará nos últimos anos 
 (Foto: Mateus Dantas/O POVO.Doc)
Luiz Otávio é a maior referência da defesa do Ceará nos últimos anos (Foto: Mateus Dantas/O POVO.Doc)

Sólido durante a temporada 2020, o sistema defensivo do Ceará vem tendo problemas no início do Campeonato Brasileiro. Nas três primeiras rodadas, foram seis gols sofridos (três contra o Sport-PE, um contra o Grêmio-RS e dois diante do Atlético-MG). Nos jogos da Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Cearense, foram 15 tentos sofridos em 23 partidas. Dessa forma, a média de bolas na rede contra subiu de 0,65 para 2 por jogo.

Em entrevista coletiva, o zagueiro Luiz Otávio falou sobre essa situação e tratou da importância da solidez defensiva durante o Campeonato Brasileiro. “O ponto fora da curva foi o jogo contra o Sport. Mas a gente tem buscado trabalhar bastante para isso não ocorrer. Se a gente tiver uma defesa sólida, poderemos ir bem na competição. Temos que estar mais atentos, mais ligados”, disse.

O Vovô tem atualmente a defesa mais vazada do Brasileirão. Além disso, junto com o Fortaleza, o saldo de gols é o mais negativo, -3. O grande número de lesões no setor defensivo, mais especificamente na zaga, pode ser um dos fatores determinantes para essas estatísticas. Klaus está com lesão na parte posterior da coxa esquerda, enquanto Tiago Pagnussat e Eduardo Brock se encontram na fase de transição física.

Dessa forma, além de Luiz Otávio, somente Gabriel Lacerda, jogador de 20 anos da base do Alvinegro, é opção para o centro da defesa. Nenhum atleta desta posição esteve no banco de reservas contra o Galo, no último domingo, 16.

Luiz falou sobre seu mais novo companheiro de defesa, que estreou diante do Grêmio, na segunda rodada do Brasileirão. “O Lacerda é muito promissor. Contra o Grêmio ele entrou e tomou de conta. No que posso eu vou sempre estar orientando ele. Ele é muito seguro, até pela idade, tem muita personalidade”, ressaltou.

O Ceará enfrentará o Vasco-RJ nesta quinta-feira, 20, às 20 horas, na Arena Castelão. A defesa do Vovô terá em Germán Cano, atacante argentino do cruzmaltino, grande preocupação. Ele balançou as redes 11 vezes em 15 jogos na temporada, duas delas contra o São Paulo, na última rodada do certame. Luiz também falou sobre as precauções diante da qualificação do oponente.

“Algo especial temos que fazer todo jogo, porque nenhum atacante que enfrentamos no Brasileirão será fácil de marcar. Eu conheço o jogador, vi os gols que ele acabou marcando. O cuidado será redobrado para que não sejamos surpreendidos por ele”, explicou.

A equipe carioca, comandada por Ramon Menezes, vive grande fase no Brasileirão, pois venceu os dois primeiros jogos na competição, contra Sport e São Paulo, por 2 a 0 e 2 a 1, respectivamente.

Listen to "#101 - O início sem vitórias de Ceará e Fortaleza na Série A" on Spreaker.