Participamos do

Leandro Carvalho volta aos treinos e Ceará tem todo o elenco em atividade

O jogador chegou a testar positivo para a Covid-19 antes dos treinamentos e precisou se recuperar de cirurgia de apendicite
18:21 | Jun. 22, 2020
Autor Lucas Mota
Foto do autor
Lucas Mota Repórter na editoria de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O atacante Leandro Carvalho voltou aos treinamentos no Porangabuçu nesta segunda-feira, 22, quando o clube iniciou a quarta semana de atividades desde o retorno. O jogador chegou a testar positivo para a Covid-19 antes dos treinamentos e precisou se recuperar de cirurgia de apendicite.

+ Ceará nega qualquer contato de Palmeiras sobre porcentagem em vendas futuras de Arthur

Com o retorno do atleta, o Ceará já tem todo o seu elenco treinando normalmente no Porangabuçu. Leandro Carvalho terminou em alta com a paralisação do futebol, em março. O atacante subiu de produção e foi decisivo nos últimos jogos da equipe, principalmente na vitória por 2 a 1 diante do Sport, na Copa do Nordeste.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em 2020, Leandro fez 11 jogos e um gol pelo Ceará. O único gol nesta temporada ocorreu no duelo contra o Oeste pela Copa do Brasil. Com Enderson Moreira no comando até a pausa do futebol, o atacante desfrutava da titularidade no escrete alvinegro. A tendência é que permaneça entre os 11 titulares com o treinador Guto Ferreira.

Em abril, o jogador conversou com exclusividade com o Esportes O POVO e falou sobre o momento positivo que se encontrava antes da paralisação. "Todo jogador de beirada do campo precisa de ritmo e comigo não foi diferente. Acho que eu estava num bom ritmo, numa crescente boa", afirmou.

Na fase mais irregular, o atacante precisou encarar as críticas e superar o momento. O apoio das arquibancadas até então de idolatria chegou ao tom de cobrança. Na atual temporada, ele recuperou a conexão com os torcedores. "A torcida paga o ingresso, e eles têm o direito de vaiar e aplaudir. Às vezes, algumas coisas não saem como planejamos e o jogador tem de saber lidar com isso."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags