PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Para levantar recursos, Adílson rifa camisa do acesso do Ceará em 2009; torcida cria campanha para ajudá-lo

Ex-goleiro tem problemas pessoais para resolver e busca levantar recursos por meio da rifa; Torcedores vão sugerir ao clube a contratação dele

17:35 | 16/06/2020
Apresentação de Magno Alves e treino do Ceará
Na foto: Adilson, goleiro do Ceará
Foto: Igor de Melo, em 14/09/2012 (Foto: IGOR DE MELO)
Apresentação de Magno Alves e treino do Ceará Na foto: Adilson, goleiro do Ceará Foto: Igor de Melo, em 14/09/2012 (Foto: IGOR DE MELO)

Ídolo do Ceará, o ex-goleiro Adílson está rifando o material que usou na última partida da Série B do Brasileiro de 2009, contra o América-RN. O modelo, dourado, é comemorativo ao acesso que o clube havia conquistado para a Série A, naquela temporada.

A campanha tem uma motivação pessoal. Adílson tem problemas particulares a resolver - que ele prefere não comentar - e precisa arrecadar recursos. O uniforme rifado é guardado pelo ex-atleta até hoje como um troféu e foi escolhido justamente pela importância que tem (deve atrair muitos torcedores).

O radialista Hugo do Vale, amigo de Adílson, está auxiliando na campanha. Como o ex-goleiro mora em Belo Horizonte, onde trabalha como motorista para uma faculdade, Hugo é quem coordena a rifa por aqui. Ele recebe os comprovantes de depósitos, repassa para Adílson, e quando o valor é compensado o torcedor escolhe um dos 500 números disponíveis. Cada ponto custa R$ 30 e o sorteio será realizado no dia 29 de junho. Até o momento, a rifa conta com 75 adesões.

"Eu quero agradecer ao torcedor, pelo carinho, a lembrança e o apoio que o pessoal está me dando. Eu sei que existem outros movimentos, que não são de iniciativa minha, mas agradeço a todos que estão envolvidos em querer ajudar e me apoiar", disse Adílson, ao Esportes O POVO.

De fato, os torcedores do Ceará preparam uma campanha para auxiliar o ídolo. Nas redes sociais, a partir das 19 horas desta terça-feira, 16, está marcado um movimento para usar a hashtag #AdilsonNoCeara. A ideia, segundo o perfil Nathan Cearamor, um dos idealizadores, é fazer com que o clube veja um pedido coletivo para que Adílson seja contratado para alguma função no clube ou pelo menos ajude o ex-atleta financeiramente de alguma maneira.

Páginas direcionadas à torcida do Ceará e muitos torcedores compartilharam a ideia e prometeram aderir ao “twitaço”.

Serviço:

O torcedor que quiser participar da rifa da camisa de Adílson, entrar em contato com Hugo do Vale (85) 9 8678-7823