PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Apesar do fuso horário, Arthur revela que continua acompanhando o Ceará: "Jogo das 16 horas não perco um"

Atacante ainda falou sobre período que precisou retornar para a base no Alvinegro

Gerson Barbosa
16:00 | 17/04/2020
Arthur nunca negou a sua torcida pelo Alvinegro
Arthur nunca negou a sua torcida pelo Alvinegro (Foto: Júlio Caesar/O POVO)

O atacante Arthur, atualmente no Basel, gravou uma live no Instagram oficial do Ceará na manhã desta sexta-feira, 17. O jogador revelou que desde que saiu do Alvinegro, continuou acompanhando e mesmo com a dificuldade do fuso horário na Europa, tenta dar um jeito de acompanhar o Vovô.

"Eu tento ao máximo e muitas vezes é difícil, porque são quatro, cinco horas de diferença. Os jogos 21h30min não tem como eu assistir, porque treinamos de manhã. Os jogos 16 horas eu não perco um, e até o das 19h30min por vezes é complicado. Mas eu tento sempre acompanhar, sei das notícias. Sigo o Ceará e alguns perfis nas redes sociais, então estou sempre ligado nas notícias. Quando eu não assisto jogo, vejo os resultados e assim a gente vai seguindo", revelou o atleta.

Arthur também falou bastante sobre o seu período jogando pelo Ceará. O atleta revelou ainda do tempo que tinha subido para o profissional, mas precisou retornar para a base.

"Pra mim foi difícil porque você cria expectativas de 'agora vai', mas não foi. Mas sempre passei de cabeça erguida, sempre dando o meu melhor que as oportunidades iam chegar. Fui tendo oportunidades de voltar ao profissional aos poucos, até que chegou aquele jogo do Brasil de Pelotas, que eu não tinha nem sido relacionado e por causa de uma lesão do Magno Alves e do Elton, a chance caiu no meu colo. Givanildo (Oliveira, treinador do Ceará na época) me disse que eu ia ser titular na preleção", relatou.

Arthur saiu do Ceará em 2018, quando foi um dos principais artilheiros do Brasil na temporada. Se transferiu para o Palmeiras, na temporada de 2019, mas não teve tanto sucesso. Conseguiu uma transferência para o Basel, da Suíça, no meio do ano. Empréstimo com opção de compra. Atualmente o centroavante tem nove gols e seis assistências com a camisa da equipe da Basiléia.