PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Apesar do interesse do Cruzeiro, diretoria do Ceará tem convicção na permanência de Enderson Moreira

Treinador vive momento de quatro vitórias consecutivas e ainda não perdeu com o Ceará em 2020

Brenno Rebouças
16:05 | 17/03/2020
Enderson Moreira está em sua segunda passagem pelo Ceará 
 (Foto: FÁBIO LIMA/O POVO)
Enderson Moreira está em sua segunda passagem pelo Ceará (Foto: FÁBIO LIMA/O POVO)

Dois dias após a demissão de Adílson Batista do comando técnico do Cruzeiro, o nome de Enderson Moreira, que atualmente comanda o Ceará, voltou ganhar força na Toca da Raposa. O Esportes O POVO conversou com dirigentes do Vovô, que não acreditam numa troca de clube por parte do treinador neste momento.

Enderson já havia sido cogitado pelo Cruzeiro na quinta-feira passada, 12, quando esperava-se a demissão de Adílson Batista após derrota da Raposa para o CRB na Copa do Brasil, por 2 a 0, em pleno Mineirão. Na ocasião, o também ex-comandante do Ceará se manteve, mas no domingo o time voltou a perder em casa, dessa vez pelo campeonato mineiro, e a demissão da comissão técnica foi anunciada.

Além do retorno da natural da especulação, os comentários de que Enderson Moreira pode deixar o Ceará e assumir a Raposa ganharam força devido uma entrevista de Adílson à ESPN, na segunda-feira, onde ele apontou dois nomes que podem assumir o time mineiro. “Desejo sorte ao novo treinador, se será o Guto Ferreira, se será o Enderson Moreira. Eu desejo sucesso e estarei na torcida para que esse clube subir (para a Série A do Brasileiro)”, disse.

A campanha que Enderson Moreira está conduzindo no Ceará é o que deixa os dirigentes do alvinegro mais tranquilos. Há dez jogos no comando do Vovô, o técnico não perdeu nenhum jogo e já acumula quatro vitórias consecutivas.

O treinador, no entanto, chegou a ser questionado na semana passada sobre um possível contato do Cruzeiro e disse aos dirigentes do Ceará que não tinha interesse em sair de Porangabulu neste momento. Diante do retorno da especulação, a diretoria deve conversar novamente com Enderson, mas o clima interno é de confiança na permanência do trabalho.

Mineiro, Enderson tem residência fixa em Belo Horizonte e já trabalhou nas equipes de base do Cruzeiro. Ele está em sua segunda passagem pelo Ceará.

(com informações de Vinícius França, especial para O POVO)