PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Samuel Xavier discute com torcedores e se emociona ao revelar problema pessoal: "foi um dia muito difícil"

Bastante emocionado, lateral-direito explicou a discussão que teve com torcedores e contou estar passando por um problema de ordem pessoal bem delicado.

Bruno Balacó
19:46 | 26/02/2020
Samuel Xavier comemora o segundo gol da partida, após receber passe de Felipe Baxola.  (Foto: Aurélio Alves/O POVO)
Samuel Xavier comemora o segundo gol da partida, após receber passe de Felipe Baxola. (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

O jogo entre Ceará e Botafogo-PB, nesta quarta-feira, pela Copa do Nordeste, representou um turbilhão de emoções para um atleta alvinegro em especial: Samuel Xavier. Vaiado pela torcida, o lateral-direito deixou o gramado da Arena Castelão bastante chateado com o comportamento de dois torcedores, de quem ouviu xingamentos e críticas durante o jogo. Na saída de campo, o jogador acabou, em tom exaltado, revidando em palavras alguns dos insultos. Em coletiva após o jogo, o jogador lembrou o ocorrido e revelou que atuou precisando superar um problema pessoal delicado ao relatar que seu filho, Pedro, quase se afogou na piscina de casa e precisou ser levado ao hospital nesta quarta. Até o momento da coletiva, Samuel não tinha muitas informações sobre o real estado de saúde do filho. 

“Fiquei muito chateado. O torcedor me viu mancando e disse que eu tava em campo de migué, só que eu tava com muita dor na panturrilha. Acabei falando umas coisas para ele, depois do gol que marquei. Peço desculpas pelo o que disse. Fica o pedido de perdão da minha parte. Ofereci o gol para ele e para a minha esposa”, explicou o lateral, bastante abatido com o episódio. 

Emocionado e com voz trêmula, o lateral deu mais informações sobre o drama pessoal que está vivendo e admite que teve dificuldade para entrar em campo, mas que ainda assim deu o seu melhor e conseguiu ajudar o time marcando o segundo gol do Vovô na partida.

“É uma decisão muito difícil, você entrar dentro de campo e sua família nessa situação. Foi um dia muito difícil para mim, mas vai acabar tudo bem. Eu vim fazer a minha parte, honrar meu trabalho, mas creio que Deus está fazendo sua parte. Agradeço ao Felipe Baxola, pelo passe do gol que ele me deu e por ter feito parte desse dia que, para mim, foi tão emocionante”, declarou o jogador.

Após o empate em 2 a 2 com o Botafogo-PB, o Ceará volta suas atenções para o jogo contra o Guarany de Sobral, no próximo sábado, às 16h, no PV, pela Campeonato Cearense.