PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Em retorno aos campos, Ricardinho comemora quebra de jejum de vitórias do Ceará

O meia entrou no intervalo, no lugar de Fernando Sobral. Apesar do resultado, o atleta ponderou a atuação aquém do esperado diante do Pacajus

00:08 | 06/02/2020
Ricardinho entrou no segundo tempo no lugar de Fernando Sobral
Ricardinho entrou no segundo tempo no lugar de Fernando Sobral (Foto: Stephan Eilert/cearasc.com)

Fazendo a primeira partida da temporada, o meia Ricardinho comemorou a vitória do Ceará diante do Pacajus, por 1 a 0, mas ponderou a atuação da equipe, na noite desta quarta-feira, 5, no estádio Presidente Vargas, o PV. "Acho que o que valeu hoje foram os três pontos, ter acabado esse jejum de não vitórias, mais um golaço do Klaus, de uma bola parada, que nós estamos treinando bastante. Mas a gente sabe que nós precisamos produzir mais, ter uma consistência melhor, principalmente de posse de bola, de criação, e definir melhor", analisou o jogador na saída de campo.

Ricardinho iniciou a temporada 2020 realizando treinos em separado do grupo, para fortalecimento muscular, mas não vinha sendo utilizado nos jogos anteriores por opção do treinador Argel Fucks. O meia entrou no intervalo no lugar de Fernando Sobral. "Particularmente, foi os primeiros 45 minutos da temporada, ainda muito abaixo fisicamente. É importante estar entrando, ganhando ritmo de jogo, a gente só ganha ritmo jogando. é importante ter participado. Muitos também aqui foi o segundo jogo, participaram de um tempo contra o Safece (amistoso na pré-temporada, com resultado de 3 a 3)", pontuou.

Diante das críticas da torcida, que ao fim da partida protestavam contra o treinador Argel Fucks, o meia disse acreditar que a equipe passa por evolução. "Vamos continuar evoluindo, temos que buscar essa evolução, mas faz parte. É lógico que a gente tem consciência que precisa melhorar bastante, mas o trabalho vem sendo feito", garantiu.