PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Cruzeiro perde mais uma e Ceará fica a um empate de conquistar permanência na Série A

A Raposa foi derrotada por 2 a 0 pelo Grêmio. O resultado interessa e muito ao Ceará. Um nova derrota do Cruzeiro diante do Palmeiras, na última rodada, dá a possibilidade do Alvinegro ficar na Série A até mesmo com uma derrota

Domitila Andrade
21:06 | 05/12/2019
Técnico Adílson Batista terá problemas para escalar sua equipe no domingo  (Foto: Bruno Haddad/ Cruzeiro)
Técnico Adílson Batista terá problemas para escalar sua equipe no domingo (Foto: Bruno Haddad/ Cruzeiro)

O secador funcionou para o Ceará. Com a derrota da última quarta-feira, 4, contra o Corinthians, o Alvinegro de Porangabuçu voltou suas atenções, novamente, ao duelo do Cruzeiro, desta vez, contra o Grêmio. O Vovô e a Raposa são os dois únicos times que ainda permanecem sem definição quanto ao rebaixamento para Série B ou a permanência na primeira divisão. O tropeço do time mineiro diante do Tricolor Gaúcho, por 2 a 0, no entanto, voltou a deixar o Ceará dependendo só de si.

Grêmio e Cruzeiro se enfrentaram na noite desta quinta-feira, 5, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Os times protagonizaram um primeiro tempo tenso, mas sem muitas chances agudas de gol. Ainda na etapa inicial, que terminou empatada em 0 a 0, Egídio, Ariel Cabral e Edilson levaram cartões amarelos e os três estão suspensos para última rodada contra o Palmeiras.

Na etapa final, Adílson Batista queimou todas as substituições e, quando Robinho se machucou em dividida com o goleiro Paulo Victor, a Raposa seguiu, a partir dos 18 minutos, com apenas dez em campo. Minutos depois, Pepê tocou, Everton Cebolinha deu um bonito corta-luz, e a bola chegou para Ferreira. O atacante colocou no canto do gol defendido por Fábio, e pôs time da casa à frente no marcador. Desestruturado em campo, o Cruzeiro ainda cometeu um pênalti, nos minutos finais, convertido por Pepê, aos 39 minutos, sacramentando a vitória gremista.

Cenário para o Ceará na última rodada

Com o atual cenário, o Ceará permanece na Série A caso conquiste uma vitória ou um empate diante do Botafogo, domingo, 8, às 16 horas, fora de casa. Ganhando, usa a vantagem atual de dois pontos, e não pode ser ultrapassado, mesmo que o Cruzeiro triunfe diante do Palmeiras. Se empatar, pode ser igualado, mas se vale da regra: mesmo que o Cruzeiro vença o Palmeiras, na rodada derradeira (no domingo também às 16 horas), a Raposa igualaria a pontuação do Ceará, mas perderia posição no número de vitórias, primeiro dos critérios de desempate.

Uma nova derrota do Cruzeiro, diante do Porco, dá a possibilidade do Alvinegro ficar na Série A até mesmo se perder. Em caso de nova derrota do Vovô no jogo derradeiro, contra o Glorioso, o Ceará tem de torcer para um tropeço do Cruzeiro - que não poderia ganhar do Palmeiras. O Alviverde, garantido na Libertadores, chega para o duelo final sem novas ambições.

Já o Botafogo, próximo adversário do Alvinegro cearense, perdeu para o Atlético-MG na rodada 37, e precisa de uma vitória (além de torcer para que o Fluminense perca do Corinthians) para garantir vaga na Sul-Americana.