PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Luiz Otávio destaca importância dos próximos jogos do Ceará: "são oito finais"

Zagueiro conversou em entrevista coletiva sobre o número de cartões amarelos e elogiou o técnico Adílson Batista

16:46 | 06/11/2019
Crônica esportiva apontou Luiz Otávio como o craque do ano no futebol cearense
Crônica esportiva apontou Luiz Otávio como o craque do ano no futebol cearense (Foto: Stephan Eilert/Ceará SC)

Até o início de dezembro, o Ceará disputa oito partidas de muita valia. A equipe precisa somar pelo menos 11 pontos para chegar a projeção necessária atualmente para escapar do rebaixamento. Por conta disso, o zagueiro Luiz Otávio frisou em entrevista coletiva cedida nesta quarta-feira, 6,  o valor das próximas rodadas do Vovô. "São oitos finais que a gente tem. A gente sabe da importância da vitória, que a distância ta pequena para baixo e não ta grande para cima. A gente ta envolvido em fazer nossa parte, buscar resultado com inteligência, então todo cuidado é pouco", contou.

Um dos cuidados que o Alvinegro precisa ter é em relação aos cartões amarelos. A equipe irá para o duelo contra o Internacional com oito jogadores pendurados e Luiz Otávio é um deles. Questionado sobre uma possível preocupação em perder o Clássico-Rei caso leve o terceiro cartão, o jogador se descreveu como um atleta precavido em relação as punições. "Sou um cara que dificilmente tomo cartão, faço poucas faltas porque procuro estar sempre bem posicionado até para evitar essa situação de estar me desgastando desnecessariamente. O professor quer que nós dermos o melhor em campo sem se preocupar, quer que a gente faça o nosso melhor. O importante é fazer uma boa partida contra o Inter e ganhar o jogo", frisou.

Sobre o treinador Adílson Batista, que está há um mês no comando técnico do time, o zagueiro não poupou os elogios. "Falar que o Adílson ta se tornado um pai para muita gente aqui. Ele ta sempre realmente colocando a gente para cima. Quando a gente erra, ele estimula a gente a tentar novamente, então ele quer que a gente realmente faça, tente, mas a gente sabe que no futebol, a gente tem que comprar (a ideia do treinador). Quando Enderson saiu ele pediu para abraçarmos a ideia do treinador e temos procurado fazer nosso melhor no que ele tem pedido.Em muitos jogos temos sido felizes nisso e espero que possamos continuar evoluindo e melhorando em todos os quesitos", contou.

Questionado sobre seu foco em estar entre os melhores zagueiros do campeonato, Luiz Otávio não deixou de destacar o principal propósito do Vovô. "Meu principal objetivo é a gente se manter na Série A. Não tem como se ter sucesso individual sem ter um sucesso coletivo. A gente precisa fazer um bom campeonato e com certeza o individual vai aparecer naturalmente. É o que mais me importa. Estar sendo regular, ajudando o Ceará a cada jogo. Dar o meu melhor vestindo essa camisa", falou.

OUÇA O ÚLTIMO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#76 - Quem sobe e quem desce no Ceará e Fortaleza na reta final da Série A" on Spreaker.