PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Mesmo com desfalques, Ceará joga bem, desperdiça pênalti e perde para o Palmeiras

O Vovô chegou a fazer o gol do empate, mas ele foi anulado por causa de um impedimento questionável, que foi confirmado pelo VAR

20:53 | 02/11/2019
Bergson teve a chance de empatar a partida, mas desperdiçou um pênalti.
Bergson teve a chance de empatar a partida, mas desperdiçou um pênalti. (Foto: FCO FONTENELE)

A sequência de três jogos sem derrotas do Ceará acabou. Neste sábado, 2, no Allianz Parque, o Alvinegro perdeu por 1 a 0 para o Palmeiras, que marcou seu gol logo no início da partida, aos 17 minutos, com Zé Rafael. A derrota estaciona o Vovô parcialmente na 15ª colocação do Brasileirão, com 33 pontos. Já o Palmeiras chegou a 63 pontos e fica temporariamente a 5 do Flamengo. O Ceará perdeu um pênalti e fez um gol, mas ele foi anulado de forma questionável, por causa de um impedimento no lance.

Montado com nomes alternativos por Adílson Batista, como Auremir, Chico e Eduardo Brock, o Ceará iniciou a partida de forma defensiva, buscando povoar o meio-campo. O Palmeiras, por sua vez, não adotou uma postura tão incisiva, se contentando em rodar a bola em busca de boas oportunidades.

O gol saiu na única chance clara do primeiro tempo dos donos da casa. Após bola rebatida por Valdo, Zé Rafael chutou de primeira da entrada da área no canto de Diogo Silva, aos 17 minutos do primeiro tempo.

Após o gol, o Vovô procurou trabalhar mais a bola, principalmente afunilando das pontas para o meio. Porém a maioria tentativas não geraram chances reais de gol. Uma exceção disso aconteceu aos 36 minutos, quando Chico foi derrubado por Vítor Hugo e um pênalti foi marcado. Bergson cobrou mal no canto direito e Weverton fez a defesa.

Valdo ainda teve uma boa oportunidade na bola aérea no fim da primeira etapa, mas cabeceou para fora.

Na etapa final, Thiago Galhardo entrou no lugar de Chico. O Alvinegro foi muito mais ofensivo na primeira metade do segundo tempo, sendo mais incisivo e criativo que o Alviverde. Porém as chances do Ceará foram paradas pela falta de pontaria e pelas grandes defesas de Weverton, principal nome da partida. O goleiro chegou a defender uma bola chutada por Samuel Xavier em cima da linha, aos 33 minutos da segunda metade do jogo.

No final da partida, Felipe Silva chegou a empurrar a bola para o fundo das redes, mas foi marcado impedimento duvidoso no lance.

O bom desempenho do Vovô, principalmente no segundo tempo, não foi suficiente para evitar a derrota pelo placar mínimo.

O Ceará busca recuperação na próxima quinta-feira, 7, diante do Internacional-RS, na Arena Castelão, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Você também pode gostar: