PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Fabinho nega racha no elenco do Ceará e espera encerrar jejum de vitórias diante do Avaí

Segundo o dono da camisa 19, os próprios jogadores têm se cobrado bastante para reverter a situação diante dos catarinenses

Lucas Mota
15:19 | 11/10/2019
Fabinho é um dos jogadores mais regulares do elenco do Ceará no Brasileirão.
Fabinho é um dos jogadores mais regulares do elenco do Ceará no Brasileirão. (Foto: Stephan Eilert/Ceará SC)

O volante Fabinho reconheceu a ansiedade na tomada de decisão da equipe, negou racha no grupo e tentou explicar o que aconteceu com o Ceará, que vivencia sequência negativa de dez jogos sem vencer. Segundo o dono da camisa 19, os próprios jogadores têm se cobrado bastante para reverter a situação diante do Avaí, neste domingo, 13, e encerrar o jejum.

+ Torcedores protestam no desembarque do Ceará após time entrar na Zona de Rebaixamento

"Não podemos desistir. Não tem fórmula mágica. Acredito que a equipe está se entregando e tentando. Talvez, a gente não teve a sabedoria na tomada de decisão. Tem tomado de forma precipitada, errada", afirmou em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira, 11.

Questionado sobre a situação da equipe, Fabinho avalia como uma fase ruim, mas sem problemas internos no clube. "A gente tem lutado, falta de trabalho não é. Nos cobramos internamente. Não admito que o atleta do lado esteja dando a vida e outro esteja sem comprometimento. Falta de cobrança não é. Não acredito em grupo rachado. Dentro de campo, no vestiário, pelo menos não vejo isso. Se tivesse rachado, estaria bem pior do que está", explicou.

Para Fabinho, a fase ruim vivida pelo Ceará na Série A neste ano é diferente da registrada em 2018, quando o time passou 12 jogos sem vencer. O volante acredita que as performances dos dois momentos são distintas. Desta vez, segundo o volante, a equipe tem conseguido jogar de igual para igual contra os principais clubes do Brasil.

"A gente criou uma expectativa muito boa, não só em nós jogadores, mas na torcida também. Criamos pela performance da equipe. Equipe tem criado, o que não acontecia no início do campeonato, no ano passado. A cobrança é cima disso. Todo mundo ver que o Ceará tem condições, mas infelizmente tem pecado nas finalizações e erra lá atrás nos detalhes", comentou.

Contra o Avaí, atuando com o apoio do torcedor no Castelão, o volante acredita na retomada do Ceará na competição. "É um jogo extremamente difícil, independente de a equipe esteja na briga na parte de baixo da tabela. Eles vão usar a estratégia sabendo do momento de pressão que estamos vivendo. Temos que ter sabedoria para jogar esse tipo de partida traiçoeira. Não tenha dúvida que vamos encarar uma decisão como todas as outras."

OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#74 - Ceará liga alerta no Z4 e Fortaleza se recupera com volta de Ceni" on Spreaker.

ASSISTA AO NOVO VÍDEO DO NA PRANCHETA: