PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Pela quarta vez nas últimas 5 temporadas, Ceará chega ao 10º jogo sem vencer

Marca foi alcançada em 2015, 2016 e 2018, comprometendo as campanhas do Alvinegro no Campeonato Brasileiro de cada ano

09:59 | 10/10/2019
Ceará foi derrotado pelo Grêmio em Caxias do Sul e ampliou jejum de vitórias
Ceará foi derrotado pelo Grêmio em Caxias do Sul e ampliou jejum de vitórias (Foto: Israel Simonton/Ceará SC)

Nas últimas cinco temporadas, contando com a atual, em quatro oportunidades o Ceará ficou dez ou mais jogos sem vencer. Em 2019, a marca foi alcançada após a derrota por 2 a 1 para o Grêmio na quarta-feira, 9, em Caxias do Sul, que contabilizou o décimo jogo seguido sem conquistar uma só vitória. O mesmo já tinha acontecido em 2015, 2016 e 2018. Nessas ocasiões, o Vovô teve um jejum de 12, 11 e 12 jogos, respectivamente.

Na primeira vez, em 2015, o tabu quase resultou em um rebaixamento para a Série C. Com um começo péssimo na Série B, o Ceará só foi quebrar a escrita na Copa do Brasil, quando eliminou o Tupi-MG ao vencer os mineiros por 2 a 1. Na Segundona, porém, o Alvinegro, comandado pelo técnico Geninho, só voltaria a vencer quando bateu o ABC-RN, triunfando depois de 12 jogos.

No ano seguinte, a irregularidade do Ceará no segundo turno da Série B custou um acesso que parecia bem encaminhado. No segundo turno, com Sérgio Soares no comando, o Vovô acabou ficando 11 jogos sem vencer, uma sequência que tirou a equipe da vice-liderança, onde havia terminado a primeira metade da competição. O Vovô só ganharia novamente diante do Joinville, no Castelão.

Em 2018, foi a vez de acontecer o mesmo na Série A. O Ceará teve o pior início de campeonato até então, com 12 jogos seguidos ou empatando ou perdendo, marca que só foi superada pelo Avaí-SC neste ano. Com o retorno do técnico Lisca, o Vovô voltou a vencer depois da parada da Copa do Mundo, com um triunfo sobre o Sport no Estádio Presidente Vargas.

Neste ano, o Ceará conseguiu bater o jejum de 10 jogos pela quarta vez nas últimas cinco temporadas. Nas últimas três oportunidades, em duas a equipe conseguiu se recuperar nas competições e conquistar seus objetivos principais em cada momento. Em 2019, com Adílson Batista no comando técnico, a expectativa é de que o Alvinegro permaneça na elite do futebol brasileiro. Para isso, é quase uma redundância dizer que uma vitória diante do Avaí no próximo domingo, 13, é absolutamente indispensável.