PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Enderson diz não ser responsável por treinos abertos, e afirma: "torcida tem que ser reconquistada"

O treinador alvinegro deu entrevista coletiva depois do empate sem gols diante do Cruzeiro, e falou sobre a aproximação com o torcedor

10:54 | 26/09/2019
Enderson está em busca de resultados positivos no Brasileirão.
Enderson está em busca de resultados positivos no Brasileirão. (Foto: Fco Fontenele/Fco Fontenele)

Em entrevista coletiva após o jogo diante do Cruzeiro na última quarta, 25, o técnico Enderson Moreira foi questionado sobre abrir alguns treinos no Estádio Vovozão para que a torcida compareça dê uma motivação a mais ao time. Sem vencer há sete jogos no Brasileirão, o Ceará é o 14º colocado, com 23 pontos.

O treinador deixou claro que essa questão não é de sua responsabilidade: “Eu sou funcionário do clube. Algumas coisas parecem que sou eu que faço, mas não é assim”. Essa ação foi bastante comum no ano passado, quando o Vovô, então comandado pelo técnico Lisca, abria os portões de Carlos de Alencar Pinto para que os alvinegros incentivassem o time na luta contra o rebaixamento. “O momento do ano passado talvez necessitasse desse cuidado, mas não sei se agora é o momento”.

Enderson, porém, diz que o elenco alvinegro se sentiu “muito abraçado” pelas mais de 18 mil pessoas que compareceram ao duelo diante do Cruzeiro, mas afirmou que a torcida precisa ser “reconquistada” ao longo dos jogos. “A torcida tem que ser reconquistada com bons resultados. Às vezes, não merecemos nenhum apoio, mas quando a gente menos merece, é quando mais precisamos”, disse.

A última vez que o Ceará abriu um treino para o seu torcedor foi no dia 18 de abril, três dias antes do jogo de volta da final do Campeonato Cearense deste ano. Na ocasião, a equipe foi derrotada pelo Fortaleza por 1 a 0 e acabou ficando sem o título estadual.

Você também pode gostar: