PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Ceará chega ao 11º jogo sem marcar no Brasileirão e iguala marca do ano passado

Vovô finaliza bastante, mas não conseguiu furar a meta adversária de forma alguma nos últimos jogos

09:30 | 26/09/2019
Ceará voltou a empatar sem gols em casa; dessa vez, diante do Cruzeiro
Ceará voltou a empatar sem gols em casa; dessa vez, diante do Cruzeiro (Foto: Xandy Rodrigues / Divulgação)

A dificuldade do Ceará em marcar gols parece se afunilar cada vez mais. Depois de mais um jogo com um volume significativo de finalizações, a equipe não conseguiu vazar o Cruzeiro mesmo tendo chutado contra a meta adversária 19 vezes. Com o 0 a 0 amargo da última quarta-feira, 25, no Castelão, o Alvinegro chegou à sua 11ª partida sem fazer gols neste Brasileirão. Essa marca é idêntica ao número de partidas que o Vovô passou em branco até a 21ª rodada da Série A do ano passado, quando escapou do rebaixamento apenas no penúltimo jogo.

Atual 14º colocado, com 23 pontos (o time ainda pode perder posições), o Ceará não se encontra em uma situação tão preocupante quanto a de 2018, quando, na 21ª rodada, era o vice-lanterna, com apenas 17 pontos. Mas isso não quer dizer que o sinal de alerta já não tenha sido disparado em Porangabuçu. Afinal, nos últimos sete jogos, o Vovô marcou em apenas uma partida, quando empatou em 2 a 2 com o Corinthians, em São Paulo. De resto, perdeu para São Paulo, Flamengo, Athletico-PR e CSA sem sequer deixar um gol, além de empatar em 0 a 0 com Botafogo e Cruzeiro.

Até a 21ª rodada da Série A de 2010, quando conseguiu permanecer na primeira divisão sem sustos, o Ceará havia passado em branco em sete oportunidades. Empatou sem gols com Goiás, Corinthians, Palmeiras e Atlético-GO e foi derrotado sem marcar diante de Flamengo, Botafogo e Vasco. Já em 2011, quando teve um ataque melhor, mas acabou rebaixado, o Vovô só não marcou contra São Paulo (duas vezes), Fluminense, Avaí, Santos e Cruzeiro.

A situação em que o setor ofensivo do Ceará se encontra seria mais fácil de entender se a produção do time fosse pouco significativa. Mas não é isso que acontece. Nos 11 jogos em que passou em branco, a equipe finalizou, segundo dados colhidos no Footstats, incríveis 166 vezes. Só nas últimas três partidas, foram 60 finalizações (mais de um terço do total em todo o campeonato), e nenhum golzinho marcado. As chances perdidas podem fazer cada vez mais falta à medida que o Brasileirão vai se afunilando. A recuperação do Alvinegro passa diretamente pela melhora do seu aproveitamento no campo adversário.

Você também pode gostar: