PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

"Lei do ex": Ceará é derrotado pelo Athletico-PR com gol de Nikão e chega a terceira derrota seguida

Durante 90 minutos de peleja, o Vovô não conseguiu se impor diante da posse de bola dos paranaenses e chegou a terceira derrota consecutiva na competição

Lucas Mota
20:58 | 31/08/2019
Galhardo teve atuação abaixo da expectativa
Galhardo teve atuação abaixo da expectativa(Foto: Felipe Santos/cearasc.com)

O Ceará foi derrotado por 1 a 0 pelo Athletico-PR na noite deste sábado, 31, na Arena da Baixada. Nikão fez valer a "lei do ex" e marcou o gol do triunfo do Furacão, no fim do primeiro tempo. Durante 90 minutos de peleja, o Vovô não conseguiu se impor diante da posse de bola dos paranaenses e chegou a terceira derrota consecutiva na competição.

Com a derrota, o Alvinegro do Porangabuçu, 13º com 20 pontos, pode cair até duas posições até o fim da rodada. O Vasco, 14ª com 20 pontos, e o Fortaleza, 15º com 18 pontos, jogam neste domingo, 1º, e podem ultrapassar o Vovô na tabela.

Já o Athletico-PR se recuperou na competição, freou uma sequência negativa e subiu duas posições com a vitória em casa. O Furacão ainda pode ser ultrapassado até o fim da rodada pelo Internacional ou Botafogo, que se enfrentam neste domingo.

O jogo

Jogando com o apoio do seu torcedor, o Athletico-PR dominou a posse de bola desde o início da partida. O Ceará apostava na força de seu sistema defensivo para segurar as investidas do rival e sair no contra-ataque. O Vovô até conseguiu bloquear as chegadas do Furacão sem passar grandes sustos, mas tinha dificuldades na transição ofensiva.

Desta forma, a partida se desenho de forma tranquila para o Furacão, que chegava ao ataque e era pouco acionado defensivamente. Com frequência no campo ofensivo, os mandantes balançaram as redes com Nikão nos acréscimos do primeiro tempo após bobeada da zaga alvinegra.

No segundo tempo, o técnico Enderson Moreira buscou a reação com substituição dupla: saíram Galhardo e Mateus Gonçalves, entraram Chico e Wescley. Apesar disso, o panorama da partida pouco mudou. O Athletico-PR seguiu com maior posse de bola, controlando o jogo e preservando o resultado.

Aos 30 minutos, Enderson fez sua última substituição. O volante Pedro Ken sentiu dores musculares e deixou o campo para a entrada do centroavante Bergson. Era o "tudo ou nada" para o Ceará na reta final do confronto. Entretanto, o Vovô pouco incomodou e terminou a segunda etapa com apenas dois chutes na direção do gol.

Ficha técnica:

Athletico-PR

4-2-3-1: Santos, Madson, Bambu, Pedro Henrique e Adriano (Márcio Azevedo); Wellington, Bruno Guimarães, Rony, Nikão e Marcelo Cirino (Léo Citadini); Marco Ruben (Thonny Anderson).

Ceará

4-2-3-1

Diogo Silva; Cristovam, Tiago Alves, Valdo e João Lucas (Carleto); Pedro Ken (Bergson) e Fabinho; Mateus Gonçalves (Wescley), Galhardo (Chico) e Fernando Sobral; Felippe Cardoso.

Local: Arena da Baixada

Data: 31/8/2019

Horário: 19 horas

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e André da Silva Bittencourt (RS)

Cartões amarelos: Wellington (CAP); Mateus Gonçalves e Cristovam (CEA)