PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Sem Luiz Otávio, Valdo diz preferir dupla com Tiago Alves e nega dificuldade em atuar pela esquerda

Defensor afirmou que Enderson não divide zagueiros do elenco por lado, como fazia Lisca e também não confirmou definição de quem atua ao lado dele diante do Fluminense

16:18 | 11/07/2019
Valdo será titular contra o Fluminense, mas sua dupla na zaga ainda não foi confirmada pela comissão técnica
Valdo será titular contra o Fluminense, mas sua dupla na zaga ainda não foi confirmada pela comissão técnica (Foto: Vozão TV/Divulgação)

O Ceará que enfrenta o Fluminense na segunda-feira, 15, terá pelo menos uma mudança obrigatória, no setor de zaga. Sem Luiz Otávio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Valdo terá que formar dupla com Tiago Alves, Eduardo Brock ou Charles. O primeiro deve ser o escolhido de Enderson Moreira, o que levanta uma questão sobre lateralidade.

No ano passado, Valdo e Tiago Alves atuavam sempre pelo lado direito. Dessa forma, se a dupla de zaga for formado por ambos, um terá que jogar pelo lado esquerdo, em que teoricamente não está habituado. Questionado sobre uma possível dificuldade em atuar pela esquerda, Valdo negou que isso seja um problema.

“Isso depende muito do treinador. Quando era o Lisca, ele impôs isso (de Valdo e Tiago Alves jogarem somente pela direita). O Enderson é diferente, coloca quem está melhor. Não é dificuldade, mas sim questão de trabalho. Quanto mais você trabalha de um lado, mais prático pra fazer aquele setor fica. Então acredito que dificuldade não existe, é mais questão de adaptação mesmo”, disse o defensor, informando que o treinador já fez testes à respeito do tema durante a semana.

Valdo também confirmou que dos três nomes possíveis para substituir Luiz Otávio, Tiago Alves é o de sua preferência, apesar de reconhecer que a nova dupla precisará de encaixes. "A gente vai sentir mais a parte do entrosamento. Eu e Luiz temos um padrão, quando um sai o outro fica, um propõe mais o jogo, o outro tem tendência a cobrir o companheiro. Brock e Charles são jogadores de imposição também, mas cada um à sua maneira”, analisou.

O Ceará embarca para o Rio de Janeiro somente no domingo. Até lá, Enderson Moreira tem mais dois treinos para deixar a dupla de zaga que escolher o mais afinada possível.

Brenno Rebouças