PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

João Lucas comenta mudanças implementadas pelo treinador durante a intertemporada

Lateral-esquerdo diz que o comportamento da equipe na Série A não será de quem briga apenas por permanência

22:55 | 03/07/2019
João Lucas disputa titularidade na lateral-esquerda com Carleto e tem levado a melhor
João Lucas disputa titularidade na lateral-esquerda com Carleto e tem levado a melhor(Foto: Israel Simonton/Ceará)

A parada da Série A do Brasileiro para a Copa América proporcionou ao técnico enderson Moreira, do Ceará, algo que ele ainda não tinha desfrutado no clube, que são três semanas de treinamentos ininterruptos. No hiato de jogos, o comandante alvinegro vai implantando cada vez mais a filosofia de trabalho que gosta e formatando o time da maneira que considera ideal.

Para o lateral-esquerdo João Lucas, no retorno do Vovô aos jogos, será possível perceber mudanças no time. Segundo o jogador, as ideias implantadas pela comissão técnica anterior têm ficado cada vez mais para trás, enquanto o novo método vai sendo absorvido por todos.

"São coisas pequenas que fazem muita diferença. Cada um (técnico) tem uma visão. Muda a maneira de jogar, de marcar, de atacar, de pressionar. È isso que a gente está conseguindo implementar nesses dias de treinamento. Conseguimos entrosar mais e estamos perdendo um pouco do que era antigo para começar com o novo. Na minha visão, vai nos ajudar muito", disse João Lucas.

O jogador destacou que o Ceará fez jogos de igual para igual em nove partidas e acredita que o time pode conseguir mais que apenas a permanência, porém não perde o foco da meta inicial. "A prioridade é se manter na Série A, isso a gente tem como obrigação fazer acontecer, mas vamos sonhar. A gente quer coisas grandes, vai lutar e tem time pra isso”, disse.

Da reestreia da Série A para frente, João Lucas avisa que o comportamento do Vovô será de quem tem aspirações maiores que apenas manutenção. "Creio eu que estamos no caminho certo e vamos conseguir manter a linha de raciocínio de jogar de igual para igual. Não vamos nos comportar como uma equipe que vai lutar apenas por rebaixamento", prega.

Brenno Rebouças