PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

"Está faltando poder de decisão", avalia Lisca sobre o Ceará em 2019

Na partida de ida, o Alvinegro do Porangabuçu criou mais diante do Fortaleza, mas desperdiçou todas as chances

16:00 | 17/04/2019
Lisca perdeu apenas dois jogos em 2019, para Corinthians e Ferroviário na Taça dos Campeões Cearenses
Lisca perdeu apenas dois jogos em 2019, para Corinthians e Ferroviário na Taça dos Campeões Cearenses (Foto: Júlio Caesar/O POVO)

Para o 2º jogo da final do Campeonato Cearense, o técnico Lisca espera por um Ceará mais efetivo. Na partida de ida, o Alvinegro do Porangabuçu criou mais diante do Fortaleza, mas desperdiçou todas as chances e viu o rival colocar duas bolas nas redes.

+ Luiz Otávio fala sobre decisão contra o Fortaleza: "perdemos a luta e não a guerra"

A falta de efetividade tem complicado o Vovô, principalmente, em partidas decisivas. Nas eliminações nas Copas do Brasil do Nordeste para o Corinthians e o Náutico, os comandados de Lisca não tiveram competência marcar e assegurar o resultado positivo.

"Está faltando poder de decisão. É a terceira decisão que a gente entra e não joga pior que o adversário, mas sai derrotado. Foi assim contra o Corinthians e contra o Náutico. Temos a semana para buscar a solução nesse aspecto", comentou o treinador do Alvinegro.

Na avaliação do gaúcho, o Fortaleza foi melhor na partida nos 15 primeiros minutos, mas depois o Ceará começou a se encaixar na partida. "Tomamos o gol quando estávamos melhor na partida", analisou Lisca.

"Na volta, acharam um gol num arremate que houve um desvio que tirou do Richard. Depois, teve a expulsão do Júnior Santos. Tivemos as melhores ações, criamos boas chances de gol, mas não aproveitamos. Isso em jogo de final é muito importante. Muito mais que jogar bem, ter possibilidades e variações é ser efetivo. Coisa que eles fizeram", completou.

Os números da partida mostram a superioridade do Ceará em chances criadas. O Vovô teve seis finalizações certas, que vão na direção do gol, contra cinco do Tricolor - duas entraram. Nos arremates considerados errados, o Alvinegro teve sete, entre elas uma na trave e outra dentro da área em que Samuel Xavier isolou. O Tricolor deu cinco chutes pra fora.

Nas finalizações bloqueadas, o Ceará teve quatro contra dois do Fortaleza.

VEJA MAIS | FUTCAST #48 - PÓS-JOGO FORTALEZA 2 X 0 CEARÁ: LEÃO LARGA NA FRENTE

Listen to "#48 - EXTRA | Pós-jogo Fortaleza 2 x 0 Ceará: Leão larga na frente" on Spreaker.

Lucas Mota