PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Lisca explica uso de reservas e reconhece que "estratégia não funcionou"

Depois de ser eliminado de Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, em intervalo de quatro dias, técnico do Ceará quer foco no Cearense e na Série A

17:35 | 07/04/2019
Lisca reconheceu que revezamento de atletas não funcionou
Lisca reconheceu que revezamento de atletas não funcionou(Foto: Julio Caesar/O POVO)

Três jogos decisivos em oito dias e a opção por revesar o elenco. Essa foi a estratégia de Lisca para o Ceará. Mas, eliminado da Copa do Brasil, contra o Corinthians, e agora também da Copa do Nordeste, em derrota para o Náutico por 2 a 0 em casa, o plano do técnico alvinegro não deu certo. Em coletiva, após o jogos do último sábado, 6, Lisca admitiu que "analisando o resultado" a "estratégia não funcionou".

"Mas o clube todo optou por uma situação. Não é uma decisão só minha, mas sou o comandante e assumo a responsabilidade por uma estratégia que não deu certo e acabou com nossa eliminação", reconheceu.

Conforme Lisca, a opção pelo revesamento de jogadores, utilizando um setor defensivo reserva e com experimentações no ataque, foi "para não perder alguns jogadores, peças importantes". 

O técnico pontuou o acumulo de jogos decisivos para um intervalo curto."Jogamos quarta, tivemos jogo hoje (no sábado) e jogamos na quarta novamente. São muitos jogos e pouco intervalo entre eles, muitas decisões. O grupo ia bem quando tinha revezamentos, hoje não funcionou. Conversamos no vestiário e concordamos que foi uma decisão unânime que hoje não funcionou", destacou.

Com jogo na quarta-feira, com o Floresta, às 21 h 30 min, pelas semifinais do Campeonato Cearense, Lisca garantiu que o time irá buscar a vitória. "E apagar essas duas eliminações. Não vencemos sempre e infelizmente perdemos no momento errado".

Domitila Andrade

TAGS