PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
LATERAL ESQUERDO

Thiago Carleto revela expectativa para estrear pelo Ceará no Clássico-Rei: "vim pra fazer história"

Contratado em fevereiro, Thiago Carleto chegou com alta expectativa, mas não atuou em nenhum jogo. Contra o Fortaleza, ele pode ter sua primeira oportunidade

17:17 | 15/03/2019
Thiago Carleto tem treinado, mas não entrou em campo pelo Ceará ainda. Foto: Cearasc.com/Divulgação.
Thiago Carleto tem treinado, mas não entrou em campo pelo Ceará ainda. Foto: Cearasc.com/Divulgação.

Na expectativa de estrear pelo Ceará logo no Clássico-Rei deste domingo, 17, válido pela Copa do Nordeste, o lateral-esquerdo Thiago Carleto falou o que pensa sobre o principal duelo do futebol cearense no atual momento. Para ele, o Vovô merecia ter saído de campo vitorioso no domingo passado e isso só não aconteceu por erros cometidos pelos próprios jogadores do Alvinegro. Dessa vez, no entanto, ele acredita em um time mais efetivo e diz que quer ser o detalhe que faz a diferença no jogo.

“Provavelmente domingo seja minha oportunidade. Não vim aqui pra passear, vim pra fazer história e talvez domingo seja minha chance”, disse Carleto, garantindo que tem condições totais de entrar em campo se for escolhido por Lisca. Ele foi relacionado para cinco partidas até o momento, mas não saiu do banco em nenhuma delas. Apesar disso, viu com positividade todas as vezes que foi opção nos jogos.

“Para mim foi tudo bom. Esse tempo que eu acompanhei os jogos do banco pude ver a diferença de onde eu estava (futebol árabe) para cá. Na Arábia não tem padrão, a gente treina pouco, joga pouco e aqui vi um time com uma maneira de jogar, fiquei impressionado, falei até pros meus companheiros”, revelou o lateral-esquerdo, completando: “O Ceará tem padrão de jogo e joga taticamente muito bem postado”.

Se estrear no domingo, Carleto diz que espera ser o detalhe que faltou no Clássico-Rei que valeu pelo Estadual, semana passada. Aliás, para ele, o empate sem gols foi injusto. “Nós não tivemos dificuldade, no nosso erro eles contra-atacaram. As chances que o Fortaleza teve foram proporcionadas por nós, em erros de passe e bolas perdidas. No contexto geral, se tivesse que sair um vencedor, seria o Ceará”, disse.

Para o reencontro, ele aguarda um Fortaleza com a mesma característica, na opinião dele, do jogo passado, indo a campo “para não tomar de muito”. Carleto confia que o treinador vai corrigir os erros e explorar mais os pontos fracos do adversário. “Lisca nos passa tudo, todos os detalhes do adversário, antes do jogo, na hora do jogo e gente sabe de tudo que vai enfrentar”.

VEJA MAIS | FUTCAST #42 - PRÉVIA DO CLÁSSICO-REI 2: AGORA TEM FAVORITO?

Listen to "#42 - Prévia do Clássico-Rei 2: agora tem favorito?" on Spreaker.

BrennoRebouças