PUBLICIDADE
Esportes
NA TORCIDA

Sobrevivente de tragédia no CT do Flamengo, cearense assiste ao jogo do Ceará

Dyogo Alves, 15, goleiro das categorias de base do Rubro-Negro, retornou a Fortaleza após se recuperar dos ferimentos provocados no incêndio

21:37 | 20/02/2019
Vestido com a camisa do Ceará, goleiro Dyogo Alves foi acompanhar o jogo do Vovô (Foto: Miguel Brilhante/Rádio O POVO CBN)
Vestido com a camisa do Ceará, goleiro Dyogo Alves foi acompanhar o jogo do Vovô (Foto: Miguel Brilhante/Rádio O POVO CBN)

Goleiro Dyogo Alves, 15, um dos sobreviventes na tragédia no Ninho do Urubu, CT do Flamengo, está no Castelão para acompanhar a partida do Ceará diante do Guarany de Sobral. Após se recuperar do ferimentos provocados durante o incêndio, o cearense retornou do Rio de Janeiro para Fortaleza na segunda-feira.

 + Após desembarcar em Fortaleza, Wescley assiste ao jogo do Ceará no Castelão

O adolescente ganhou uma camisa oficial do Ceará para acompanhar a partida. O convite  para o jogo foi feito através do goleiro do Vovô, Diogo Silva, que foi até a casa do jovem atleta.

O goleiro da base do Flamengo inalou fumaça e teve queimaduras nas duas mãos durante o incêndio no Ninho. Dyogo recebeu alta hospitalar na última sexta-feira, 15, uma semana após a tragédia. Depois de deixar o hospital, o atleta ficou hospedado em um hotel no Rio de Janeiro com os pais até o retorno para Fortaleza.

O adolescente atuava futebol de campo pelo Estação - modesto clube de base com sede no Antônio Bezerra -, antes de se transferir para o Flamengo. Depois de ser destaque e campeão do Campeonato Cearense Sub-13 em 2017, o arqueiro foi levado para vestir a camisa rubro-negra sem precisar participar de "peneirada".

Dyogo passará um tempo em Fortaleza, cercado por familiares e amigos, antes de retomar a carreira no Flamengo. O clube carioca deixou o garoto à vontade e não estabeleceu prazo para o retorno.

Listen to "#37 - É cedo para o torcedor ser pessimista sobre Ceará e Fortaleza?" on Spreaker.

O Povo