PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
POSSÍVEL RETORNO?

Após bom começo no Ceará e ida ao Sport, Andrigo tem chance de retornar ao clube em 2019

13:19 | 04/12/2018
Foto: Mateus Dantas/O POVO
Um começo de temporada promissor. Foi assim, com seis gols em 16 jogos pelo Ceará (Campeonato Cearense, Copa do Nordeste e Copa do Brasil) que Andrigo iniciou 2018. O meio-campista se transferiu para o Sport numa negociação conduzida pelo Internacional, dono dos seus direitos econômicos. Sem indenizar o Alvinegro (assim mandava o contrato), o clube gaúcho mandou o jogador - que preferia ter ficado, mas acabou tendo o aceite final - para Recife, numa negociação que envolveu a transferência de Rithely para o Inter.

No Sport, Andrigo não teve sucesso. Jogou nos três primeiros jogos da Série A, mas uma lesão importante na coxa direita o atrapalhou bastante. Apenas entre agosto e setembro voltou a ficar à disposição. No time do Recife - que terminou rebaixado, com 42 pontos - foram 17 partidas, apenas cinco como titular. Destas cinco como titular, o aproveitamento da equipe recifense foi de 40%, suficiente para o time não ser rebaixada.
 
O Esportes O POVO apurou que o jogador não ficará no Sport para o ano que vem e como não será aproveitado pelo Inter, seu destino é ser emprestado ou usado como moeda de troca em negociações que interessem o clube. Seu nome já foi oferecido ao Fluminense, já que o Inter quer a manutenção de Wellington Silva para a próxima temporada.

No Ceará há simpatia pelo futebol de Andrigo e o clube deve procurar o empresário Jorge Machado para saber da possibilidade de contar com o atleta. Jorge Machado também é empresário de Calyson, que atuou emprestado no Alvinegro na Série A 2018.

Recomendadas para você

Comentários