Lisca defende Richardson após perda do pênalti e garante: "Se precisar, bate de novo"Ceará Sporting Club | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Lisca defende Richardson após perda do pênalti e garante: "Se precisar, bate de novo"

Treinador ainda falou sobre a responsabilidade que é de manter o Ceará na primeira divisão

19:01 | 25/11/2018
NULL
NULL
[FOTO1] Na partida contra o Atlético-PR neste domingo, 22, válida pela 37ª rodada da Série A do Brasileiro na Arena da Baixada, o Ceará teve um pênalti a favor já no segundo tempo, quando estava 2 a 1 para os donos da casa. Quando muitos esperavam ver Juninho, que marcou um gol nessa situação no último jogo, Richardson foi para a cobrança e acabou desperdiçando. Na coletiva pós-jogo, o técnico Lisca defendeu o volante, falou sobre a grama e disse que a penalidade poderia ter mudado o confronto. 

"O Richardson é um ídolo, tem um respeito muito grande do torcedor. É um jogador de alto nível, tem muita força, transição boa. Ele e o Juninho são ótimos jogadores. Então, cara, quem garante que se o Juninho batesse fosse fazer? Tem essa peculiaridade da grama sintética, porque teve que mudar a forma de bater. E se fizesse, talvez o Atlético-PR fizesse o terceiro. Richardson tem todo nosso respaldo e se precisar bater de novo, ele bate", declara o técnico. 

Por fim, o comandante alvinegro falou sobre a responsabilidade que é livrar o Ceará do rebaixamento. "Eu cheguei e disse: 'vamos trabalhar'. Fomos com calma, com todo um processo. Mas a responsabilidade da permanência é grande, embora gostosa. Todo mundo falava que era muito difícil essa recuperação", comentou Lisca, que ainda falou sobre o ano que vem. "Vamos ver se conseguimos fazer uma Série A certinha ano que vem, com planejamento correto, redondo, como é o Ceará, um clube que paga em dia", reforça. 

Agora o Vovô espera que Sport e América-MG não vençam seus confrontos para garantir a permanência. O primeiro joga nesta segunda-feira, 26, contra o São Paulo, enquanto que o segundo enfrenta o Bahia neste domingo, 25, às 18h (de Fortaleza). Acontecendo ou não, o Alvinegro ainda enfrenta o Vasco no próximo fim de semana pela última rodada do certame.
 
VEJA MAIS: FUTCAST #25 - O recomeço de Juninho no Ceará
[VIDEO1] 
TAGS