PUBLICIDADE
Esportes

Robinson diz que meta é ter o Ceará fora da zona até o início da Copa do Mundo

Mandatário alvinegro concedeu entrevista coletiva e abordou diversos assuntos, entre eles o mau momento da equipe, a chegada de Jorginho e novos reforços

22:09 | 21/05/2018
NULL
NULL

[FOTO1] 

Mostrando confiança e firmeza nas palavras, o presidente Robinson de Castro concedeu ontem entrevista coletiva de quase 30 minutos. Entre os assuntos abordados, a chegada de Jorginho, reforços para o elenco e o mau momento do Ceará na Série A.

O dirigente espera uma recuperação da equipe até o início da Copa do Mundo, no dia 14 de junho. Durante a competição, a Série A não terá jogos, retornando no dia 18 de julho. Antes da pausa, o Ceará terá seis jogos pela frente.

"Nós vamos dar a volta por cima. A meta é chegar até a Copa (14 de junho) fora da situação em que estamos. Vamos arrumar e ter um time mais forte pós-Copa", garantiu o mandatário.

Bastante cobrado pela torcida por novos reforços, Robinson disse que o clube ainda está buscando jogadores no mercado. Dois volantes e um atacante pelo lado são prioridades nas negociações. O dirigente também fez questão de elogiar o elenco atual do Alvinegro.

"O Jorginho está vindo pra cá porque viu o elenco. Ninguém vai para uma barca furada. Têm situações que podem mudar, mas sem dúvidas o grupo pode render mais", comentou.

O novo técnico do Vovô já havia sido procurado pela diretoria em outras temporadas, mas acabou não acertando. "É um conhecedor do futebol, tem linguagem fácil. Todo mundo fala bem dele. Chega com certa carga de pressão, mas vamos dar todo o suporte."

O presidente alvinegro agradeceu pelos trabalhos de Marcelo Chamusca, mas acredita que a mudança no comando técnico dará um novo ânimo ao elenco.

"Tínhamos que dar uma oxigenada nas ideias, na forma de enxergar o elenco, de não insistir com algumas situações, de tentar mudar algumas peças, animar aqueles que não estavam jogando e criar novas oportunidades", afirmou.

VEJA TAMBÉM:

[VIDEO1] 

TAGS