PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
COPA DO NORDESTE

Com gols de Andrigo, Ceará vence o Sampaio no fim e garante classificação às quartas de final

Com o resultado, o Alvinegro chegou aos nove pontos e encaminhou sua classificação às quartas de final. O Vovô volta a jogar pelo Nordestão no dia 20, para enfrentar o CSA, no estádio Rei Pelé.

18:04 | 10/03/2018
Andrigo marcou os dois gols do Ceará no jogo. Foto: Evilázio Bezerra.
Mais uma vez, o torcedor do Ceará que saiu do estádio antes do apito final se arrependeu de não ter ficado até o fim. Com gol nos acréscimos, o Vovô venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 1, de virada, na noite deste sábado, 10, e reassumiu a liderança do Grupo D da Copa do Nordeste.

 
Com o resultado, o Alvinegro chegou aos nove pontos e garantiu sua classificação às quartas de final com duas rodadas de antecedência. O Vovô volta a jogar pelo Nordestão no dia 20, para enfrentar o CSA, no estádio Rei Pelé.

Antes, o Ceará volta a campo pelo estadual. Na terça-feira, 10, o Vovô encara o Iguatu, às 20h30min, no Castelão.

O JOGO
O Sampaio Corrêa abriu o placar logo aos 57 segundos de jogo. Em jogada pela esquerda de ataque, Yuri deu ótimo passe para Uilliam, que recebeu nas costas de Valdo e tocou por cima de Everson para abrir o placar.

A vantagem construída logo no começo fortaleceu ainda mais a proposta do time visitante, de se defender, ocupando bem os espaços e dificultando as investidas do Ceará.

O Vovô teve bem mais posse de bola e girava de um lado para o outro, mas mostrou dificuldades em encontrar espaços. Ricardinho, Felipe Azevedo, Andrigo e Elton se movimentavam bastante tentando confundir a marcação adversária, mas faltava um passe de ruptura, que pudesse verticalizar o jogo e fazer a bola chegar com qualidade para definição.

Com isso, uma alternativa era arriscar de fora da área. Pio, Raul e Felipe Azevedo tentaram, mas foi Andrigo quem conseguiu marcar.

Aos 30 minutos, Raul roubou a bola no campo de ataque e tocou para o camisa 7, que arriscou de fora da área e empatou o jogo antes do intervalo.

No segundo tempo, a tônica do jogo foi de ataque contra defesa. O Ceará pressionou o Sampaio Corrêa de todas as formas.

O Ceará melhorou muito após as mudanças de Marcelo Chamusca. Wescley, Arthur e Luidy entraram nos lugares de Felipe Azevedo, Elton e Ricardinho e deram uma nova dinâmica ofensiva ao Vovô, que esbarrava no goleiro André.

Em noite inspirada, o arqueiro do time maranhense foi um dos principais personagens da peleja, com várias defesas importantes.

Ele só não foi capaz de impedir o segundo gol de Andrigo, que aos 47 minutos do 2º tempo, recebeu bom passe de Wescley e chutou cruzado para selar a vitória alvinegra nos minutos finais.

ANDRÉ ALMEIDA

Recomendadas para você

Comentários