PUBLICIDADE
Esportes

Volante admite má atuação contra o Floresta, mas lembra que Ceará não tem tempo para lamentar

17:39 | 25/01/2018
NULL
NULL
[FOTO1] Três jogos, duas derrotas e apenas uma vitória. Não tem sido fácil o início de Campeonato Cearense para o Ceará. Nesta quarta-feira (24), o Alvinegro acabou surpreendido e foi superado por 3x1 para o Floresta, em jogo disputado no estádio Presidente Vargas.

Ao fim da partida, os jogadores do Vovô reconheceram que a má atuação da equipe, que sofreu um gol logo aos dois minutos, conseguiu o empate, mas não teve forças para buscar a virada, desperdiçou várias oportunidades e acabou castigada sofrendo mais dois gols. Um chute de fora da área de Dim e outro de bola parada, na reta final do jogo, marcado por Edson Cariús.

"Não podemos tirar o mérito, mas pecamos hoje. A gente tentou, mas hoje, infelizmente, não deu certo. Ainda estamos encaixando o time, mas não podemos usar isso como desculpa. Não temos tempo para lamentar. Precisamos trabalhar mais para voltarmos a vencer na competição”, afirmou o volante Richardson, na saída de campo.

O foco do Ceará passa a ser agora o Clássico da Paz contra o Ferroviário, marcado para este sábado (27), as 20h, na Arena Castelão, em jogo válido pela 5ª rodada do Estadual. A preparação do clube para a partida já teve início na tarde desta quinta-feira (25), com um treino de portões fechados em Porangabuçu. O técnico Marcelo Chamusca ainda não definiu se o time atuará com o que tem de melhor à sua disposição ou se alguns atletas titulares serão poupadas.
TAGS