PUBLICIDADE
Esportes

Ceará é absolvido em episódio de uso de sinalizadores no Castelão

Caso ocorreu na partida entre Ceará e Internacional no dia 11 de julho. Partida chegou a ser paralisada por causa dos artefatos

17:46 | 26/07/2017
O Ceará foi absolvido nesta quarta-feira, 26, pela 3ª comissão disciplinar do STJD (RJ), no episódio do uso de sinalizadores na partida contra o Internacional, no Castelão. O jogo, realizado no dia 11 de julho, chegou a ser paralisado de forma momentânea por causa da utilização dos artefatos. A denúncia apresentada ao STJD é da Procuradoria de Justiça Desportiva.

A partida entre Ceará e Internacional também ficou marcada pelo suposto caso de racismo denunciado pelo atacante Élton, do Alvinegro. O jogador disse ter informado ao árbitro do jogo, Leandro Bizzio Marinho, que o zagueiro do Inter, Victor Cuesta, o chamou de macaco. Na súmula, o árbitro não relatou o suposto ato de racismo.

Após o confronto, Élton levou o caso adiante e prestou queixas de injúria racial em uma delegacia da Polícia Civil, em Fortaleza. O delegado Wilder Brito Sobreira, titular do 16º Distrito Policial (DP), investiga a denúncia. O atleta do Internacional nega as acusações.
TAGS