PUBLICIDADE
Esportes

Torcida se mobiliza por Bebeto de Freitas e Botafogo vai jogar de luto

Morto devido a complicações cardíacas na última terça-feira, o ex-presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, ainda está movimentando o clube. A diretoria informou que o Glorioso entrará em campo todo de preto no próximo domingo, ás 16h (de Brasília), para enfrentar o Vasco em clássico programado para o Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, [?]

13:45 | 16/03/2018

Morto devido a complicações cardíacas na última terça-feira, o ex-presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, ainda está movimentando o clube. A diretoria informou que o Glorioso entrará em campo todo de preto no próximo domingo, ás 16h (de Brasília), para enfrentar o Vasco em clássico programado para o Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e válido pela última rodada da fase de grupos da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. A cor do uniforme simboliza o luto vivido pelo clube e pelos torcedores, que não param de prestar homenagens em redes sociais.

Além disso, um grupo de torcedores e conselheiros se mobilizam no sentido de colher assinaturas em um abaixo-assinado para tornar o ex-mandatário sócio grande-benemérito. Como ex-atleta, ele era sócio emérito. Apenas o atual presidente do clube, Nelson Mufarrej, ou o presidente do Conselho Deliberativo, Jorge Aurélio, podem abrir votação no Conselho Deliberativo para permitir a homenagem, que seria inédita.

Bebeto, que como jogador de vôlei conquistou 11 títulos estaduais consecutivos pelo Botafogo, assumiu a presidência do clube em 2003, semanas depois da queda para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Encontrou um clube sem elenco, com contas atrasadas, cheio de dívidas e sem dinheiro para investimento. Convidou o técnico Levir Culpi para assumir a posição de treinador da equipe e juntos reconduziram o Alvinegro ao retorno à elite.

Sob seu comando, o Botafogo conquistou o título carioca de 2006. Ainda montou o famoso time do carrossel, comandado por Cuca, mas que acabou não conquistando títulos importantes e ficou marcado pelo episódio do ?chororô?.

Dentro de campo o técnico Alberto Valentim define neste sábado o time para o clássico contra o Vasco. A base deverá ser mantida e a tendência é o Glorioso entrar em campo com: Gatito Fernández, Marcinho, Marcelo, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, João Paulo, Leonardo Valencia e Ezequiel; Rodrigo Pimpão e Kieza. Logo após o treino, começa o período de concentração para o clássico.

Gazeta Esportiva

TAGS