PUBLICIDADE
Esportes

Buscando vitrine, T. Cardoso quer ?atrapalhar grandes? e lutar por título

Pelo 10º ano consecutivo, o Botafogo-SP está na elite do futebol paulista. E para fazer uma boa campanha ? e celebrar a década de sucesso -, o Pantera apostou em uma mescla entre jogadores experientes e mais jovens para compor seu elenco no campeonato estadual de 2018. Um destes jogadores experientes é Tiago Cardoso. Aos [?]

08:45 | 18/01/2018

Pelo 10º ano consecutivo, o Botafogo-SP está na elite do futebol paulista. E para fazer uma boa campanha ? e celebrar a década de sucesso -, o Pantera apostou em uma mescla entre jogadores experientes e mais jovens para compor seu elenco no campeonato estadual de 2018.

Um destes jogadores experientes é Tiago Cardoso. Aos 33 anos e com passagens por diversos clubes brasileiros, o goleiro deixou o Náutico rumo a Ribeirão Preto para escrever mais um capítulo de sua história. Ídolo no Santa Cruz, onde conquistou oito títulos, Tiago ?vai dar o seu melhor? e espera ajudar a equipe a fazer um bom Campeonato Paulista e ?atrapalhar? os times grandes na luta pelo título.

?Eu estava há sete anos seguidos em Recife (seis no Santa Cruz e um no Náutico) e veio o desejo de sair um pouco do Nordeste. No futebol, a gente sempre tem que ter ambição e buscar novos objetivos. Então, quando as portas se abriram no Botafogo, eu não pensei duas vezes. Agora aqui, vou dar o meu melhor. Nosso objetivo é com certeza a classificação para o mata-mata e também chegar na final e lutar pelo título. Sabemos que vamos enfrentar equipes muito qualificadas, mas nada é impossível para quem acredita. Têm muitos exemplos de times que não são da capital que chegaram na final e complicaram a vida dos grandes, e é isso que vamos em busca?, destacou, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Quanto à mistura de idades no elenco, o goleiro vê como positiva a troca de experiência entre os jogadores mais rodados e aqueles que estão em início de carreira e acredita que isso possa fazer a diferença no decorrer do campeonato.

?Creio que o fato de o clube ter contratado nomes conhecidos é importante para nós e muito bom para que a gente possa fazer uma grande competição. Têm os meninos da base, os mais jovens. Então creio que, com essa mescla, foi formado um elenco bom, muito qualificado, de profissionais sérios. A gente fez uma pré-temporada muito boa, respeitando o espaço um do outro. Acredito que isso ajudou na preparação e também vai ajudar na competição?, opinou.

A estreia do Botafogo está marcada para esta quinta-feira, às 19h30 (horário de Brasília) fora de casa, diante do Bragantino. E apesar de não jogar desde agosto do ano passado, Tiago acredita estar pronto para entrar em campo e ter um bom desempenho: ?Acredito que com minha experiência, meu passado, isso não vai atrapalhar não. Em 2014 eu tive uma lesão no final do ano, voltei a jogar depois de oito meses e graças a Deus, voltei bem, tecnicamente e fisicamente. Então eu fico tranquilo para fazer uma grande estreia e um bom campeonato paulista?.

?A estreia sempre tem aquela expectativa de como vai ser, como você vai colocar em prática aquilo que fez na pré-temporada. Creio que vai ser um jogo bastante disputado, ainda mais com o bom histórico do Bragantino em casa. É uma equipe que força muito na bola aérea e tem jogadores de qualidade, que podem desequilibrar. A gente sabe que vai precisar se dedicar bastante, porque eles, em casa, vão querer mostrar trabalho para a torcida. Mas a expectativa é que a gente faça um grande jogo. Sabemos que uma largada com vitória em uma competição tão curta é importantíssima. Então vamos entrar para vencer?, analisou o goleiro.

Tiago comentou ainda sobre a expectativa em relação à torcida do Pantera e se disse preparado para lidar com a pressão vinda das arquibancadas. ?Chego no Botafogo sabendo que o clube tem uma torcida que cobra bastante e estou pronto para isso. A expectativa é essa, de ter o torcedor jogando junto com a gente e sempre cobrando. Espero que eu e meus companheiros possamos dar alegria a eles. A gente não está aqui a passeio, e sim para fazer um grande trabalho. E consequentemente a torcida vai se alegrar?.

Por fim, o arqueiro, que tem contrato com o Botafogo até o final do Paulistão, destacou o campeonato estadual como uma grande vitrine para o futuro, apesar de frisar que tenta não focar no depois e sim no agora: em ter um bom desempenho na competição e deixar seu nome marcado na história do clube.

?O Paulistão é uma vitrine para o Brasil e para fora do país também. A gente vê muitos atletas que se destacam e vão para Série A, Série B. A gente sabe que fazendo um bom trabalho, as portas se abrem, os clubes se interessam. Mas tenho procurado não me focar muito no depois e sim no dia a dia. E espero poder viver muitas alegrias aqui. Apesar da experiência em outros grandes clubes, agora é vida nova e tenho que conquistar meu lugar novamente e fazer uma grande história aqui no Botafogo?, concluiu.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS