Cazares avalia momento no Galo e garante que irregularidade é por marcação individualClube Atlético Mineiro | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Cazares avalia momento no Galo e garante que irregularidade é por marcação individual

O meia atacante Cazares é um constante alvo de críticas pelas partidas irregulares. Isso ocorreu também contra o Fluminense, no último fim de semana, no Engenhão. Para o jogador, os questionamentos ocorrem devido a marcação individual que ele recebe a cada partida. ?Às vezes fico mais solto, aí dá para jogar mais. Mas tem treinadores [?]

17:45 | 25/10/2018

O meia atacante Cazares é um constante alvo de críticas pelas partidas irregulares. Isso ocorreu também contra o Fluminense, no último fim de semana, no Engenhão. Para o jogador, os questionamentos ocorrem devido a marcação individual que ele recebe a cada partida.

?Às vezes fico mais solto, aí dá para jogar mais. Mas tem treinadores que mandam um cara (marcador) ficar só comigo (na marcação). Aí é difícil, porque o cara só fica comigo e, onde eu vou, ele está ali. Aí é difícil de jogar, de administrar o jogo. Sempre tem um cara ou dois na minha marcação, nunca me deixam solto. Às vezes, vou lá em cima com Ricardo (Oliveira) para ficar mais perto dele, mais perto da área, aí a bola não chega em mim. É difícil. Muitos torcedores de fora não veem isso. Mas aqui dentro a gente vê outra coisa. Então, fico tranquilo. Sei que às vezes, quando estou solto, tento fazer o melhor?, destacou o jogador.

Antes, no entanto, Cazares era um jogador responsável por ligar a defesa ao ataque, fazendo funções de volantes, por exemplo. O equatoriano, todavia, explicou que se sente mais confortável atuando mais adiantado.

?No jogo contra o Fluminense, tive mais liberdade. Estava lá em cima, ao lado do Ricardo, sem baixar muito para não ficar longe do gol. Elias e Adilson ficaram mais para administrar a bola e trazer para a gente. Luan deu para mim, dei para Chará. Chará, como é rápido, driblou o goleiro e foi pênalti. Tenho que estar lá em cima, tenho que estar solto, mais liberdade. Quero isso. Eu acho que o Levir vai me deixar mais solto, mais livre. Thiago (Larghi) também falava isso, mas eu estava mais recuado?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS