PUBLICIDADE
Esportes

Kaio Fonseca desconversa sobre efetivação da comissão: ?Foco no trabalho?

Apesar das eliminações na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, a campanha do Atlético Mineiro no Campeonato Brasileiro e o rendimento do time em campo evidenciam alguns dos motivos para a efetivação de Thiago Larghi e sua comissão técnica. A postura do comandante nas entrevistas, entretanto, é sempre cautelosa e sustentada no comprometimento pelo clube. [?]

08:15 | 11/06/2018

Apesar das eliminações na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, a campanha do Atlético Mineiro no Campeonato Brasileiro e o rendimento do time em campo evidenciam alguns dos motivos para a efetivação de Thiago Larghi e sua comissão técnica. A postura do comandante nas entrevistas, entretanto, é sempre cautelosa e sustentada no comprometimento pelo clube.

No último domingo, Larghi não esteve à beira do campo na vitória sobre o Fluminense por 5 a 2, na Arena Independência, pois cumpriu suspensão pela expulsão no clássico da rodada anterior, contra o América-MG. Para ocupar o posto, foi convocado Kaio Fonseca, assistente do ainda interino, que corroborou o discurso do companheiro e evitou falar da continuidade.

?Vamos seguir trabalhando com comprometimento e fazendo o nosso melhor no comando do Atlético Mineiro. O que tiver que ser, a diretoria vai pensar no melhor para o clube. Nosso foco é no trabalho e vamos seguir fazendo nosso máximo em prol do clube?, disse o assistente em coletiva.

Muito cobrada pela torcida por um posicionamento, a diretoria do Galo admite, desde a última semana, que a decisão sobre a efetivação da atual comissão técnica sairá no período da Copa do Mundo, quando deve ser confirmada a permanência. O período do Mundial da Rússia, aliás, foi tratado como benéfico por Kaio, que aguarda a pausa para promover ajustes e recuperar alguns jogadores, como o caso de Leonardo Silva, que saiu lesionado.

?Perguntei rapidamente para o Leo (Silva) o que tinha acontecido e ele me falou que sentiu embolar o músculo da coxa. Não sabemos o quão grave é e para não agravar ele preferiu sair. A parada da Copa do Mundo vai ajudar também nesse sentido, para recuperar e colocar todos em condições de jogar no retorno das competições?, ressaltou Kaio Fonseca.

Gazeta Esportiva

TAGS