PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Final do Cearense com VAR e árbitro FIFA custará em torno de R$ 100 mil

Primeiro jogo da decisão estadual está marcado para a próxima quarta-feira, 30, na Arena Castelão

Vinícius França
10:24 | 23/09/2020
Castelão vive ainda imbróglio sobre desgaste do gramado por uso excessivo 
 (Foto: Fábio Lima)
Castelão vive ainda imbróglio sobre desgaste do gramado por uso excessivo (Foto: Fábio Lima)

Uma reunião entre Ceará, Fortaleza e Federação Cearense de Futebol (FCF) nessa terça-feira, 22, definiu que a final do Campeonato Cearense terá arbitragem de fora e VAR. Ao todo, o custo para bancar a tecnologia e o árbitro de campo, que terá certificação da FIFA, gira em torno de R$ 100 mil.

A tecnologia da ferramenta do VAR terá o valor mais alto, custando cerca de R$ 25 mil reais para ser contratada. O montante será dividido por três, entre os clubes e a FCF. A taxa e as passagens dos árbitros de campo e custará R$ 13 mil ao todo. Também será necessário custear a taxa dos árbitros que operam a arbitragem de vídeo e as passagens para que eles viajem à Capital, em valor que chega a R$ 8 mil. Por fim, a FCF ainda ganha uma taxa de R$ 5 mil.

No total, esses valores somam R$ 51 mil por jogo. Ou seja: como a final será decidida em partidas de ida e volta, será preciso desembolsar cerca de R$ 102 mil para contar com VAR e árbitros de fora nos dois jogos. O primeiro duelo da final está marcado para o dia 30 de setembro, na próxima quarta-feira, às 21h30min, na Arena Castelão. O segundo será no dia 21 de outubro, também em uma quarta e também às 21h30min, no Castelão.