PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Fortaleza quer VAR e arbitragem de fora na final do Cearense; Ceará não se posiciona

Jogo de ida da decisão estadual será no dia 30 de setembro, em uma quarta-feira

Vinícius França
11:00 | 22/09/2020
Clubes vão começar a se movimentar internamente para decidir detalhes da arbitragem na final  (Foto: IANA SOARES)
Clubes vão começar a se movimentar internamente para decidir detalhes da arbitragem na final (Foto: IANA SOARES)

Com a final do Campeonato Cearense se aproximando, os clubes começam a se movimentar em relação à arbitragem que comandará os confrontos entre Ceará e Fortaleza. Esportes O POVO entrou em contato com os representantes de Vovô e Leão para saber como cada equipe se posiciona em relação ao uso do VAR nas partidas de ida e volta da grande decisão do torneio estadual.

O presidente do Leão, Marcelo Paz, é a favor da arbitragem de vídeo, e entende que a ferramenta deve ser custeada em conjunto com o Vovô e a Federação Cearense de Futebol (FCF). Além disso, o dirigente quer arbitragem de fora para comandar a decisão estadual.

“Pelo bem do campeonato, para encerrar em alto nível com dois times de Série A. Jogo deve ser decidido pelo melhor em campo, e não por um erro de arbitragem que pode acontecer, o que é natural, não é querendo criar polêmica nem nada, mas o VAR minimiza os erros e torna o jogo mais fiel”, contou.

Em contato com a reportagem, o presidente do Ceará, Robinson de Castro decidiu não se antecipar em relação a qualquer posicionamento, limitando-se a dizer que haverá uma reunião nesta terça-feira, 22, com o Fortaleza e a FCF para decidir as questões de arbitragem na decisão. Porém, a reportagem apurou que alguns membros do clube são a favor do VAR e dos árbitros de fora.

O jogo de ida da final do Campeonato Cearense será no próximo dia 30, uma quarta-feira, às 21h30min. A partida de volta será no dia 21 de outubro, também em uma quarta-feira, no mesmo horários. Os dois jogos serão na Arena Castelão.