PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Confira a Seleção da Década do futebol cearense, eleita pelo público do Esportes O POVO

Durante uma semana, O POVO abriu uma enquete popular para eleger os 11 melhores do futebol cearense entre 2010 e 2019, além de um treinador

09:55 | 06/01/2020
Seleção do futebol cearense foi escolhida pelos leitores do O POVO em votação popular  (Foto: Mateus Dantas/O POVO)
Seleção do futebol cearense foi escolhida pelos leitores do O POVO em votação popular (Foto: Mateus Dantas/O POVO)

Depois de publicar as seleções da década de Ceará e Fortaleza, o Esportes O POVO decidiu abrir uma votação para o público decidir quais jogadores merecem integrar o time de estrelas dos melhores do futebol cearense entre 2010 e 2019. Com mais de 4.303 engajamentos, a enquete elegeu a equipe no sistema 4-3-3, com um goleiro, dois laterais, dois zagueiros, dois volantes, um meia e três atacantes, além de um técnico.

O índice de participação da votação foi bastante alto. Segundo a plataforma EX.CO, em que a enquete foi criada, mais de 79% das pessoas chegaram até o fim, elegendo todos os onze e o treinador. O elemento em que menos votantes interagiram foi na terceira opção para atacante. Mesmo assim, a porcentagem foi bem baixa: apenas 4% deixaram de eleger um jogador.

+ Confira a seleção da década do Ceará, de 2010 até 2019, eleita por O POVO e pela torcida

+ Confira a seleção da década do Fortaleza, de 2010 até 2019, eleita por O POVO e pela torcida

O jogador eleito com o maior número de votos para sua posição foi Luiz Otávio, do Ceará, escolhido 1710 vezes como primeira opção para compor a dupla de zaga da seleção da década. No Fortaleza, o atleta que mais agregou a opinião popular foi o lateral esquerdo Bruno Melo, eleito com 1247 votos. Apenas um voto a mais do que seu companheiro de equipe Tinga, que ocupou o lado direito da lateral.

Mas de todos os candidatos a integrarem a seleção, o que teve uma porcentagem maior em seu elemento não é um cara que fica dentro de campo, e sim à beira dele. Na aba de treinador, Rogério Ceni teve 70% dos votos, sendo escolhido por 1928 votantes. É mais de quatro vezes mais que o segundo colocado Lisca. Mesmo chegando ao Leão apenas no fim da década, o legado de Ceni e todas suas conquistas já o consagram como o melhor técnico do futebol cearense nos últimos dez anos.

Confira abaixo o resultado da votação dos melhores do futebol cearense entre 2010-2019, eleita pelo público do Esportes O POVO:

Goleiro (3029 votos)

Éverson - 1499 votos (49%)

Marcelo Boeck - 956 votos (32%)

Felipe Alves - 452 votos (15%)

Fernando Henrique - 69 votos (2%)

Luis Carlos - 36 votos (1%)

Ricardo Berna - 17 votos (1%)

Lateral direito (3000 votos)

Samuel Xavier - 1227 votos (41%)

Tinga - 1246 votos (42%)

Boiadeiro - 485 votos (1%)

Rafinha - 42 votos (1%)

Zagueiro (1ª opção) (3002 votos)

Luiz Otávio - 1710 votos (57%)

Juan Quintero - 951 votos (32%)

Fabrício - 73 votos (2%)

Lima - 160 votos (5%)

Sandro - 54 votos (2%)

Ligger - 54 votos (2%)

Zagueiro (2ª opção) (2924 votos)

Luiz Otávio - 486 votos (17%)

Juan Quintero - 1121 votos (38%)

Fabrício - 638 votos (22%)

Lima - 202 votos (7%)

Sandro - 312 votos (11%)

Ligger - 165 votos (5%)

Lateral esquerdo (2969 votos)

Vicente - 503 votos (17%)

Bruno Melo - 1247 votos (42%)

Felipe Jonatan - 1005 votos (34%)

Wanderson - 214 votos (7%)

Volante (1ª opção) (2954 votos)

Richardson - 1019 votos (35%)

Felipe - 616 votos (21%)

João Marcos - 392 votos (13%)

Corrêa - 366 votos (12%)

Michel - 257 (9%)

Jean Mota - 304 votos (10%)

Volante (2ª opção) (2896 votos)

Richardson - 464 votos (16%)

Felipe - 746 votos (26%)

João Marcos - 662 votos (23%)

Corrêa - 349 votos (12%)

Michel - 363 votos (13%)

Jean Mota - 312 votos (10%)

Meia (2939 votos)

Ricardinho - 1094 votos (37%)

Dodô - 382 votos (13%)

Geraldo - 445 votos (15%)

Daniel Sobralense - 403 votos (14%)

Everton - 357 votos (12%)

Thiago Galhardo - 258 votos (9%)

Atacante (1ª opção) (2937 votos)

Edinho - 277 votos (9%)

Magno Alves - 1235 votos (42%)

Romarinho - 233 votos (8%)

Marinho - 71 votos (2%)

Osvaldo - 317 votos (11%)

Mota - 123 votos (4%)

Marcinho - 11 votos (menos de 1%)

Bill - 7 votos (menos de 1%)

Arthur Cabral - 126 votos (4%)

Gustavo - 472 votos (16%)

Rafael Costa - 0 votos (0%)

Anselmo - 18 votos (1%)

Edson Cariús - 47 votos (3%)

Atacante (2ª opção) (2866 votos)

Edinho - 205 votos (7%)

Magno Alves - 261 votos (9%)

Romarinho - 164 votos (6%)

Marinho - 168 votos (6%)

Osvaldo - 514 votos (18%)

Mota - 484 votos (17%)

Marcinho - 31 votos (1%)

Bill - 26 votos (1%)

Arthur Cabral - 375 votos (13%)

Gustavo - 534 votos (19%)

Rafael Costa - 4 votos (0%)

Anselmo - 30 votos (1%)

Edson Cariús - 70 votos (2%)

Atacante (3ª opção) (2821 votos)

Edinho - 242 votos (9%)

Magno Alves - 103 votos (4%)

Romarinho - 182 votos (6%)

Marinho - 220 votos (8%)

Osvaldo - 503 votos (18%)

Mota - 369 votos (13%)

Marcinho - 49 votos (2%)

Bill - 49 votos (2%)

Arthur Cabral - 498 votos (18%)

Gustavo - 424 votos (15%)

Rafael Costa - 22 votos (1%)

Anselmo - 40 votos (1%)

Edson Cariús - 120 votos (3%)

Técnico (2764 votos)

Rogério Ceni - 1928 votos (70%)

Marcelo Chamusca - 247 votos (9%)

Marquinhos Santos - 6 votos (menos de 1%)

Lisca - 442 votos (16%)

Sérgio Soares - 141 votos (5%)

Escalação: Éverson; Tinga, Luiz Otávio, Quintero e Bruno Melo; Richardson, Felipe e Ricardinho; Magno Alves, Gustavo e Osvaldo. Técnico: Rogério Ceni.