PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Juntos, Ceará e Fortaleza têm 14 atletas que podem ficar fora do Clássico por cartão amarelo

Antes da bola rolar no domingo, 10, as equipes ainda jogam na 31ª rodada do Brasileirão

09:34 | 05/11/2019
Osvaldo e Lima são dois dos 13 jogadores pendurados de Fortaleza e Ceará
Osvaldo e Lima são dois dos 13 jogadores pendurados de Fortaleza e Ceará (Foto: Foto: Júlio Caesar/O POVO)

Os jogadores de Ceará e Fortaleza precisam ficar bastante atentos à sua disciplina dentro de campo para não ficarem de fora de um dos jogos mais importantes da temporada de suas equipes. Alvinegros e tricolores têm, juntos, 14 atletas pendurados que não jogam o Clássico-Rei de domingo, 10, se levarem cartão nos jogos da 31ª rodada.

O primeiro time a entrar em campo nesta semana será o Fortaleza, que enfrenta o Corinthians na quarta, 6, às 19h30, na Arena Corinthians. Gabriel Dias, Jackson, Carlinhos, Osvaldo e Marlon são os jogadores que já acumulam dois cartões amarelos. Todos entraram em campo no jogo da última rodada, contra o Atlético-MG. Apenas o meia Marlon não foi titular no empate em 2 a 2.

Já o Ceará será o mandante no confronto diante do Internacional na quinta, 7, às 19h30, no Castelão. O Vovô tem mais pendurados do que o seu rival. São oito: Diogo Silva, Felipe Silva, Pedro Ken, Willian Oliveira, Bergson, Luiz Otávio, Felippe Cardoso, Leandro Carvalho e Lima. Desses, metade não entrou em campo na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras. É o caso de William Oliveira e Luiz Otávio que, mesmo poupados, fazem parte do time principal e serão desfalques importantes se não jogarem o Clássico.

Dada a quantidade de jogadores pendurados dois times, é possível esperar que tanto Rogério Ceni quanto Adílson Batista pensem em poupar alguns atletas para não correr o risco de perdê-los. Ceni, por exemplo, poderia utilizar Tinga, Paulão e Bruno Melo no lugar de Gabriel Dias, Jackson e Carlinhos. Deslocar Romarinho para a esquerda e colocar Edinho ou Felipe Pires na direita pode ser uma alternativa para o lugar de Osvaldo.

Adílson, por sua vez, pode sair bastante prejudicado se perder jogadores. Felipe Silva vem sendo um destaque recente, e Diogo Silva, William Oliveira, Bergson e Luiz Otávio se firmaram como titulares nas últimas rodadas. Pelo fato do próximo jogo do Ceará ser em casa, talvez o técnico não poupe tantos atletas, mas ele tem algumas opções. Wescley, Lucas França, Auremir, Felippe Cardoso (que também está pendurado) e Eduardo Brock são alguns reservas imediatos que podem ganhar minutagem contra o Inter.

A bola rola no Clássico-Rei de domingo Às 19 horas, no Castelão. Este será o sexto confronto entre as duas maiores forças do futebol cearense nesta temporada. Já foram duas vitórias do Fortaleza, dois empates e um triunfo do Ceará. Hoje, os tricolores ocupam a 12ª colocação, com 36 pontos, enquanto os alvinegros estão no 15º lugar e acumulam 33 pontos.

Você também pode gostar: