PUBLICIDADE
Esportes

Xhaka revela Suíça confiante contra Suécia e foge de polêmica

Um dia antes do duelo entre Suíça e Suécia pelas oitavas de final da Copa, uma boa polêmica para colocar fogo no jogo surgiu na coletiva do camisa 10 do time suíço, Xhaka. O motivo foi um suposto comentário do lateral-direito Mikael Lustig, que teria dito que provocaria o meia suíço até ele se irritar demais [?]

14:30 | 02/07/2018

Um dia antes do duelo entre Suíça e Suécia pelas oitavas de final da Copa, uma boa polêmica para colocar fogo no jogo surgiu na coletiva do camisa 10 do time suíço, Xhaka. O motivo foi um suposto comentário do lateral-direito Mikael Lustig, que teria dito que provocaria o meia suíço até ele se irritar demais e ser expulso. O meia do Arsenal foi firme na resposta.

?Esse não será o meu primeiro jogo, não comecei outro dia. Claro que entendo esse tipo de coisa. Não tenho problema sobre isso, estou acostumado com provocações pré-jogo. Aprendi alguma coisa na minha vida, na minha carreira. Não vou ser pressionado, provocado até ser expulso. Tem um motivo para eu ser capitão?, respondeu Xhaka.

O jogador vai usar a faixa de capitão contra o time nórdico, já que o lateral-direito Lichtsteiner não joga, suspenso. Ele fala com confiança sobre o confronto desta terça-feira (3). ?Ainda temos muito pela frente, tomara que amanhã não seja o último jogo. E nem a próxima, pelas quartas. Vamos ver o que vai acontecer contra a Suécia?.

A Suíça de Xhaka tenta igualar as melhores campanhas que o país fez em Copas, quando chegou nas quartas 1943, 1938 e 1954. No entanto, no modelo atual do torneio, jamais alcançou tal feito. O meia acredita que 2018 é a chance para seu país ter mais sorte. ?É a terceira vez que chegamos nessa fase da Copa do Mundo. Nas outras duas vezes chegamos muito perto de avançar, mas infelizmente tivemos azar e não conseguimos. Melhoramos em diversos pontos e acredito que podemos mostrar isso amanhã contra a Suécia? concluiu.

Gazeta Esportiva