PUBLICIDADE
Esportes

Seleção faz último treino em Sochi com Paulinho sem chuteiras

A Seleção Brasileira realizou seu último treinamento em Sochi antes de embarcar para Kazan, onde fará mais uma atividade na próxima quinta-feira, véspera do confronto decisivo contra a Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Na atividade desta quarta, o técnico Tite permitiu que a imprensa pudesse acompanhar as movimentações somente nos primeiros [?]

11:45 | 04/07/2018

A Seleção Brasileira realizou seu último treinamento em Sochi antes de embarcar para Kazan, onde fará mais uma atividade na próxima quinta-feira, véspera do confronto decisivo contra a Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Na atividade desta quarta, o técnico Tite permitiu que a imprensa pudesse acompanhar as movimentações somente nos primeiros 15 minutos e o que chamou a atenção foi a ausência de Paulinho, que diferentemente do restante do grupo, não estava trabalhando com bola.

O volante entrou em campo acompanhado dos fisioterapeutas da Seleção Brasileira e sem calçar chuteiras. Com tênis de corrida, o jogador esteve à parte dos demais jogadores, que se revezavam em uma roda de bobinho ao redor do círculo central do gramado. Apesar da ausência, Paulinho não preocupa para o duelo com os belgas.

Com a partida decisiva batendo à porta, o técnico Tite realizou o primeiro trabalho direcionado para o jogo contra a Bélgica. Na última terça-feira, os titulares haviam feito apenas um treino regenerativo, enquanto os reservas e aqueles acionados no decorrer do confronto com os mexicanos foram a campo para uma atividade leve com bola.

A tendência para a próxima sexta-feira é que a Seleção Brasileira volte a contar com Marcelo na lateral-esquerda. Livre do espasmo muscular na coluna que o tirou da partida contra a Sérvia logo antes dos dez minutos e, posteriormente, do jogo contra o México, o jogador do Real Madrid não vem demonstrando qualquer limitação de movimentos e deve reassumir a titularidade na vaga de Filipe Luís.

Douglas Costa, liberado pelo departamento médico, treinou normalmente na última terça-feira e nesta quarta também esteve presente no treinamento até onde a imprensa pôde acompanhar. Embora tenha perdido ritmo de jogo por ter se limitado à fisioterapia durante dez dias, o camisa 7 deve ficar no banco de reservas contra a Bélgica.

A Seleção Brasileira embarca para Kazan, cidade onde decidirá uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo, nesta quinta-feira, por volta das 5h (de Brasília). No mesmo dia, às 11h30, a equipe treinará no palco do duelo com a Bélgica. O técnico Tite e o capitão, ainda não definido, concederão entrevista coletiva.

Gazeta Esportiva

TAGS