PUBLICIDADE
Esportes

Ochoa minimiza atuação individual e elogia 'talento' da Seleção Brasileira

14:15 | 02/07/2018
NULL
NULL

[FOTO1] Considerado um dos grandes carrascos recentes da Seleção Brasileira, o goleiro mexicano Guilhermo Ochoa não teve vez nessa segunda-feira, em Samara, onde a Amarelinha saiu vitoriosa e classificada para as quartas de final da Copa do Mundo. Apesar de mais uma grande atuação individual, o camisa 13 comandado por Juan Carlos Osorio preferiu minimizar suas intervenções para dar espaço a elogios ao time de Tite, considerado por ele “talentoso”.

“Não adianta falar de nada que não seja a partida de hoje e o resultado final. Claro que minha vontade era estar comemorando a nossa classificação, mas é necessário destacar o Brasil. Eles tem uma equipe de muita qualidade, muito talento, jogadores especiais. Vejo que eles mereceram a vitória, porque buscaram o gol a todo o tempo e conseguiram marcar. Nós não”, disse Ochoa, que aproveitou para elogiar sua companheiros.

“Vejo que, de maneira geral, fizemos um bom jogo. Queríamos ganhar e jogamos para tal, mas não aproveitamos da maneira como era necessária para vencer e sair classificado. Demos o nosso máximo, mas nem sempre as coisas saem como esperado”, ressaltou. “Acabou nos faltando precisão, porque precipitamos em muitos momentos”, completou.

Depois de vencer a Alemanha na estreia e superar a Coreia do Sul na segunda rodada, a seleção mexicana sofreu um grande baque na última partida, ao ser derrotada por 3 a 0 para a Suécia e se classificar pela derrota dos atuais campeões mundiais frente aos asiáticos. Contra o Brasil, o México fez um ótimo início, mas acabou sucumbindo a pressão.

“Fico tranquilo, porque sei que dei meu melhor. Mas não posso estar contente diante da eliminação”, analisou o arqueiro. “Temos que aproveitar esse momento para agradecer ao torcedor mexicano que nos apoiou em todos os momentos, fáceis ou difíceis. Muito obrigado a todos”, finalizou.


Gazeta Esportiva

TAGS